Inter não deve preservar jogadores contra a Universidad Católica

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

21/10/2020 16h04 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico do Inter, Eduardo Coudet, não deve preservar jogadores na partida desta quinta-feira (22), contra a Universidad Católica, às 21h30, em Santiago, pela última rodada do grupo E da Libertadores.

O time do Inter tem duas dúvidas, mas nenhuma diretamente por preservação.

Os bons jogos recentes e a liberação da seleção brasileira sub-20 para a partida indicam que Yuri Alberto poderá receber chance. Neste cenário, Abel Hernández poderia começar no banco de reservas.

Além disso, outra incerteza é Heitor. Com Rodinei fora do jogo contra o Flamengo no domingo (25), pelo Brasileiro, o jogador poderia ser sacado para garantir condições de jogo -já que será o único lateral disponível entre os que já atuaram no principal.

No entanto, como está fora do time desde o jogo contra o Athletico Paranaense, há 10 dias, atuar no Chile pode significar ganhar ritmo de jogo de olho no duelo com Fla.

Assim, a provável escalação tem: Marcelo Lomba; Heitor (Rodinei), Zé Gabriel, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson, Marcos Guilherme e Patrick; Galhardo e Abel Hernández (Yuri Alberto).

Vice-líder da chave, com oito pontos e três gols de saldo, o Inter está praticamente garantido nas oitavas de final da Libertadores, já que o terceiro colocado, América de Cali, tem cinco pontos e saldo negativo de dois gols.

Em quarto lugar, com quatro pontos, a Universidad Católica não tem mais chances de classificação.

UNIVERSIDAD CATÓLICA

Dituro; Fuenzalida, Lanaro, Huerta e Rebolledo; Lezcano; Pinares, Saavedra, Aued e Puch; Zampedri. T.: Ariel Holan

INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Heitor (Rodinei), Zé Gabriel, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson, Marcos Guilherme e Patrick; Galhardo e Abel Hernández (Yuri Alberto). T.: Eduardo Coudet

Estádio: San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no Chile

Horário: 21h30 desta quinta

Árbitro: Mauro Vigliano (ARG)