Fortaleza impõe quarta derrota consecutiva ao Palmeiras no Brasileirão

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

18/10/2020 22h02 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - No dia em que comemora 102 anos da sua fundação, o Fortaleza venceu o Palmeiras por 2 a 0 em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois gols foram marcados ainda no primeiro tempo por David e colocaram o tricolor na sétima colocação da tabela, com 24 pontos.

Já o Palmeiras sofreu a sua quarta derrota consecutiva, a primeira sob o comando do interino Andrey Lopes. O time, que busca um novo treinador, foi ultrapassado pelo próprio Fortaleza e agora é o oitavo, com 22 pontos, empatado com o Atlético-GO.

Na quarta-feira (21), o Palmeiras recebe o Tigre (ARG) pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. No mesmo dia, o Fortaleza fará o segundo jogo da final do Campeonato Cearense contra o rival Ceará. O time de Rogério Ceni venceu a primeira partida por 2 a 1.

DAVID: OPORTUNISTA E EFICIENTE

O atacante do Fortaleza foi responsável pelos dois gols do Fortaleza. Em ambos os lances estava bem posicionado e conseguiu aproveitar tanto o passe de Ronald quanto a sobra da bola na trave do Mayke.

MANDOU MAL: PATRICK DE PAULA

Um dos jovens mais promissores do Palmeiras não teve uma grande noite no Castelão. Errou muitos passes, um deles no lance que deu origem ao segundo gol do Fortaleza. Foi substituído após o intervalo para a entrada de William.

NOVO TREINADOR, VELHOS ERROS

Andrey Lopes vinha de um retrospecto bom como treinador interino do Palmeiras, com vitória nos dois jogos que comandou na reta final do Brasileirão do ano passado. Mas hoje o time apresentou os mesmos erros dos últimos jogos com Luxemburgo, na troca de passes e no posicionamento da defesa. No segundo tempo, abriu mão do 4-5-1 colocando mais dois atacantes, mas não foi o bastante para fazer o Palmeiras reagir no jogo.

ALLEZ LES BLEUS!

Comemorando o aniversário de 108 anos, o Fortaleza jogou hoje com uma nova terceira camisa que homenageia a seleção francesa. As cores e o escudo, que lembra a bandeira da França, remontam às origens do clube e à influência do país europeu na capital cearense no começo do século passado.

CRONOLOGIA DO JOGO

Aos 33 do primeiro tempo, o Fortaleza abriu o placar com o David. O gol foi fruto da troca de passes entre Ronald e Tinga. O VAR ainda foi consultado para avaliar uma possível posição de impedimento do Ronald no momento da assistência, mas o gol foi validado. David marcou novamente aos 40. Ao tentar desviar o cruzamento de Marlon, Mayke mandou a bola no travessão. Ela voltou nos pés do atacante do Fortaleza, que chutou com força para ampliar.

FORTALEZA

Max Walef; Tinga (Gabriel Dias), Paulão, Roger Carvalho e Bruno Melo; Ronald (Romarinho), Felipe e Marlon; Osvaldo (Carlinhos), David (Wellington Paulista) e Yuri César (Juninho). Técnico: Rogério Ceni

PALMEIRAS

Weverton; Mayke (Wesley), Emerson Santos, Gustavo Gómez e Viña; Gabriel Menino, Patrick de Paula (Willian), Zé Rafael, Raphael Veiga e Lucas Lima; Luiz Adriano (Gabriel Veron). Técnico: Andrey Lopes

Local: Arena Castelão, em Fortaleza/CE

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (ambos do RJ)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Paulão e Bruno Melo (Fortaleza); Viña, Gustavo Gómez e Zé Rafael (Palmeiras)

Cartões vermelhos: Gustavo Gómez (Palmeiras)

Gols: David, aos 33' e aos 40' do 1º tempo