Fortaleza derrota o Ceará e é bi cearense

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

22/10/2020 0h04 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Fortaleza é bicampeão cearense com Rogério Ceni. Na noite de hoje (21), na Arena Castelão, o time venceu novamente o Ceará, desta vez por 1 a 0, e conquistou o estadual em cima do grande rival. Tinga, na etapa final, anotou o gol que garantiu o título ao Tricolor, que já havia vencido a ida por 2 a 1.

Este é o quarto título de Ceni no comando da equipe cearense. O troféu entra para a prateleira do treinador pelo Leão ao lado da Série B do Campeonato Brasileiro (2018), da Copa do Nordeste (2019) e do próprio Cearense, vencido no ano passado.

Vale destacar que Ceni também traz no currículo a Florida Cup de 2017, torneio de pré-temporada em que saiu vitorioso no comando do São Paulo. O Ceará, que precisa reverter a desvantagem da primeira final, até tentou, mas não teve sorte.

Parou na trave em duas oportunidades na etapa inicial e viu a situação ficar complicada após o gol de Tinga, aos 15 minutos do segundo tempo. Para piorar, Leandro Carvalho foi expulso aos 36 por reclamação, e o Vozão não teve força para reagir.

Este é o 43º título do Fortaleza no Campeonato Cearense. O Ceará é o maior vencedor, com 45 taças

CEARÁ APERTA, FORTALEZA SE SEGURA

Precisando do resultado, o Ceará foi para cima do Fortaleza na primeira etapa. Primeiro, Vina recebeu passe de Rafael Sobis na área, finalizou, mas esbarrou na trave. Pouco depois, Sobis dominou um cruzamento da esquerda, ajeitou e novamente carimbou a meta de Felipe Alves.

As ofensivas do Vozão continuaram no começo da etapa final. Diversos cruzamentos da esquerda, principalmente após jogadas construídas por Léo Chú, passaram à frente do goleiro do Leão e da zaga, que conseguiu segurar o ímpeto adversário.

O GOL

Aos 15 minutos do segundo tempo Tinga fez o gol do Fortaleza. O lateral pegou a sobra da defesa de Prass e estufou as redes.