Em Guayaquil, Flamengo tenta superar semana difícil para se recuperar na Libertadores

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

21/09/2020 18h04 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após uma semana de muita turbulência, causada por um vexame histórico, pelo coronavírus e até pela ação de um vulcão, o Flamengo busca ao menos remediar a situação nesta terça (22), diante do Barcelona de Guayaquil, pela quarta rodada da fase de grupos da competição.

A partida acontece no estádio Monumental de Barcelona, em Guayaquil, no Equador, às 19h15 (horário de Brasília).

Goleado por 5 a 0 pelo líder Independiente del Valle na rodada anterior, o Flamengo é vice-líder do Grupo A, com seis pontos. Já o Barcelona, que vem de derrota por 2 a 1 para o Junior Barranquilla, aparece em último na chave, ainda sem pontos.

Para o confronto, o atual campeão da Libertadores terá uma série de baixas provocadas por lesão, suspensão e, desde domingo (20), por casos de covid-19 no elenco. Gabriel, com dores na coxa, deve ficar de fora, enquanto Gustavo Henrique cumpre suspensão.

Já os que testaram positivo para coronavírus são: Isla, Filipe Luís, Diego, Michael, Bruno Henrique e Matheuzinho, testados no domingo, além de Vitinho, que recebeu o resultado do teste nesta segunda.

Para completar o grupo, o clube teve de embarcar às pressas, no Rio, quatro atletas: o lateral-direito João Lucas, o zagueiro Natan e os atacantes Guilherme Bala e Rodrigo Muniz.

Como a equipe foi impedida de treinar no domingo (20) devido à atividade de um vulcão nos arredores de Guayaquil, o técnico Domènec Torrent só poderá esboçar nesta segunda o time que mandará a campo.

A tendência, porém, é que escale nomes já acostumados com o time principal, como Renê, João Lucas e Pedro.

BARCELONA DE GUAYAQUIL

Javier Burrai; Byron Castillo, Darío Aimar, Williams Riveros, Brayan Rivera; Gabriel Marques, Matías Oyola, Emmanuel Martínez, Michael Arroyo; Adonis Preciado; Cristian Colmán. T.: Fabián Daniel Bustos

FLAMENGO

César; João Lucas, Rodrigo Caio, Léo Pereira, Renê; Willian Arão, Thiago Maia, Gerson, Everton Ribeiro, Arrascaeta; Pedro. T.: Domènec Torrent

Estádio: Monumental de Barcelona, em Guayaquil, Equador

Horário: 19h15 desta terça

Árbitro: Diego Haro (PER)