Compartilhe este texto

Eduardo Paes anuncia desapropriação do terreno para estádio do Flamengo

Por Folha de São Paulo

23/06/2024 12h00 — em
Esportes



RIO DE JAEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD-RJ), ao lado do seu aliado, o deputado federal Pedro Paulo (PSD-RJ), divulgou, neste domingo (23), uma novidade sobre o tema de um possível novo estádio do Flamengo.

Ele anunciou por meio de suas redes sociais a desapropriação do terreno em que o Flamengo pretende construir o seu estádio, na região do Gasômetro, no centro da cidade.

No mês passado, Paes já havia antecipado a possibilidade de desapropriar o local, caso a Caixa não facilitasse a negociação.

O prefeito declarou: "Estamos publicando amanhã no Diário Oficial a desapropriação por leilão em hasta pública do novo estádio do Flamengo, ali no terreno do Gasômetro. É o início de um projeto, o início de um sonho, e Flamengo, Vasco, Fluminense e o Botafogo, especialmente os quatro grandes clubes cariocas, têm uma importância enorme para a economia do Rio de Janeiro. Infelizmente o Flamengo tem mais torcedor", disse Paes.

Paes completou sobre o estádio: "A gente entende esse papel, é importante para a revitalização daquela região da cidade. O Flamengo não vai fazer só um estádio, ali vai ser um lugar de entretenimento, vai ter centro de convenções (...). Vamos trabalhar junto com a direção do Flamengo, com o presidente Landim, com os presidentes que vierem para que a gente possa realizar esse sonho da nação rubro-negra."

Minutos após a declaração, o Flamengo divulgou uma nota parabenizando Paes pela decisão: "A decisão do prefeito Eduardo Paes reconhece o interesse público envolvido e propicia um passo importantíssimo na realização do projeto para erguer o estádio próprio do Flamengo."

O clube completou: "A diretoria do Flamengo tem plena consciência da importância desta obra tanto para o nosso clube como também para a revitalização de uma das mais tradicionais áreas de nossa cidade."

A desapropriação de terreno privado por parte do Poder Executivo está prevista na Constituição. Há uma série de requisitos legais para tal, mas resumidamente a medida é possível desde que haja interesse público e pagamento de indenização prévia, justa e em dinheiro.

Apesar do novo estádio rubro-negro ser um terreno particular do clube, a desapropriação e o interesse público se justificariam pelo benefício e o desenvolvimento da região. O Flamengo acredita que pode erguer um estádio de 80 mil pessoas, nos moldes do Santiago Bernabéu, na região do Gasômetro.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes