Com gol no fim, Vasco vence Caracas pela Sula e quebra incômodo jejum

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

28/10/2020 23h05 — em Esportes

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Apesar da atuação fraca e de desperdiçar um pênalti com Carlinhos, o Vasco conseguiu, com gol de Tiago Reis perto do fim, vencer o Caracas (VEN) nesta quarta-feira (28), por 1 a 0, e largar na frente na segunda fase da Copa Sul-Americana.

Com o resultado, o time cruz-maltino terá agora a vantagem do empate no duelo de volta, na Venezuela, que acontecerá na próxima quarta (4). De quebra, o Vasco ainda pôs fim ao incômodo jejum de vitórias que já durava nove partidas.

Antes de voltar à competição continental, o Vasco vira a chave novamente para o Campeonato Brasileiro, nesta domingo (1º), quando visitará o lanterna Goiás. O time do técnico Ricardo Sá Pinto está na zona de rebaixamento, na 17ª colocação.

VASCO

Fernando Miguel, Cayo Tenório, Miranda, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Leonardo Gil e Carlinhos; Vinícius (Guilherme P, Ribamar e Talles Magno. T.: Ricardo Sá Pinto

CARACAS

Velásquez, Casiani, Villanueva, Osio e Notaroberto; Castillo, Junior Moreno e Luis González; Robert Hernández, Celis e Blanco. T.: Noel Sanvicente

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Michael Espinoza (PER)

Auxiliares: Coty Carrera e Raúl López Cruz (PER)

Cartões amarelos: Cayo Tenório (VAS); Febres e Guarirapa (CAR)

Cartões vermelhos: Ygor Catatau (VAS)

Gols: Tiago Reis (VAS), aos 42min do 2ºT