Compartilhe este texto

Andreas diz que precisou de carro blindado após final da Libertadores

Por Folha de São Paulo

19/04/2024 11h30 — em
Esportes



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Atualmente no Fulham (Inglaterra), o meio-campista Andreas Pereira falou sobre as dificuldades enfrentadas após a falha na final da Copa Libertadores de 2021, quando defendia do Flamengo. O jogador precisou até de um carro blindado na volta da delegação ao Brasil.

"Eu dei opção, recebi a bola e escorreguei, então o cara [Deyverson, atacante do Palmeiras] fez o gol. Logo após isso, foi um inferno. [...] De volta ao Brasil, tinham pessoas tentando atacar o ônibus, te atacar na sua casa. Tivemos que parar o ônibus mais cedo e trocar de carro, para um que não é normal...era à prova de balas o carro. Então, primeiramente, quando eu cheguei em casa, eu pensava 'não consigo acreditar que isso aconteceu comigo'", disse o jogador ao podcast britânico FIVE.

Andreas destacou que "estava jogando o meu melhor futebol na final". O Flamengo perdeu por 2 a 1 para o Palmeiras na prorrogação. A partida aconteceu em Montevidéu, no Uruguai.

Ele explicou ainda que o Rubro-Negro foi para a prorrogação "sem opções no meio-campo". O time carioca terminou o jogo com apenas dois meias, Willian Arão e Kenedy.

"Quando aconteceu [o erro], eu talvez fosse o melhor jogador do time, vinha sendo especulado da seleção. A final foi meu melhor jogo, eu estava jogando o meu melhor futebol na final. A gente não conseguiu marcar o gol, eu não sei como. Depois na prorrogação, estávamos sem opções no meio-campo", afirma Andreas.

Andreas seguiu no Flamengo até junho de 2022 e atualmente joga na Inglaterra. Ele tem três gols e oito assistências em 40 jogos pelo Fulham.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes