Compartilhe este texto

Abel Ferreira mantém futuro aberto e afirma não saber o que acontecerá

Por Folha de São Paulo

07/12/2023 8h00 — em
Esportes


Foto: Divulgação

Campeão de novo em verde e branco, Abel Ferreira evitou assegurar que permanecerá no Palmeiras. O treinador, que tem contrato com o clube até dezembro de 2024, procurou deixar o futuro aberto. Já a presidente Leila Ferreira disse que fará o possível pela manutenção do trabalho.

Logo após o empate por 1 a 1 entre Palmeiras e Cruzeiro, na noite de quarta-feira (6), no Mineirão, na partida em que a equipe alviverde sacramentou a conquista do Campeonato Brasileiro, treinador e dirigente evitaram respostas assertivas sobre o cumprimento do contrato.

"Nós ainda não conversamos sobre isso, mas o torcedor pode ter certeza de uma coisa: eu vou fazer o possível e o impossível para que ele fique no Palmeiras por muitos anos", disse Leila ao SporTV, ainda no gramado.

"O Abel tem contrato conosco até dezembro de 2024, e eu creio que ele vai cumprir. Ele é um profissional muito sério", acrescentou a dirigente.

Apesar vínculo, nunca foi tão possível a saída dele desde sua chegada ao clube em 30 de outubro de 2020. Nas últimas semanas, o Al Sadd, do Qatar, tornou-se o clube mais cotado entre os candidatos a pagar a multa de € 3 milhões (R$ 15 milhões) para levar o português.

Abel também se esquivou de assegurar sua permanência neste momento.

"Vocês sabem que eu tenho contrato, mas isso, no futebol... Não posso garantir nada, como disse quando vinha para cá. Não garantia títulos, garantia só um trabalho de qualidade. Em relação ao contrato, ele é claro, eu tenho contrato, mas qualquer coisa que aconteça... Eu não sei se vai acontecer, não sei", afirmou Abel.

"Mas vocês também sabem, já disse: estou cansado, preciso de férias. Só em pensar que no dia 17 [21, na verdade, data de início do Campeonato Paulista], já começamos competir, é muito difícil para mim", acrescentou.

Segundo o treinador, pode faltar força para continuar.

"É fácil ganhar uma vez, duas vezes... Agora, nove vezes, de forma consistente... A gente sabe que isso tem um ônus e um bônus. As pessoas esperam sempre que você faça mais e melhor, e os jogadores me deram muito. Não sei se tenho energia suficiente para continuar a tirar o máximo deles."


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes