Compartilhe este texto

Onda de voos cancelados no exterior pode gerar busca por pilotos brasileiros

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

04/07/2022 19h05 — em
Economia



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A crise de mão de obra que assombra o setor aéreo com cancelamentos de voos na Europa e nos Estados Unidos não deve ser vista por aqui, segundo as previsões da Abear (associação que reúne empresas aéreas no Brasil).

Eduardo Sanovicz, presidente da entidade, atribuiu o cenário local mais tranquilo aos acordos que foram feitos pelas companhias com os empregados quando a Covid chegou ao Brasil em 2020. Na época, aéreas e sindicato negociaram redução de salário e jornada em troca de estabilidade durante o período mais pesado da pandemia. Quando o reaquecimento voltou, a equipe permanecia ativa, diferentemente do que aconteceu nos mercados europeu e americano, que demitiram, analisa Sanovicz.

Pelos dados da Anac, o mercado de voos domésticos começa a mostrar dados de oferta e demanda equiparáveis a 2019, antes da pandemia. Já as viagens do Brasil com destinos internacionais seguem com recuperação mais lenta, em um patamar em torno de 40% abaixo.

Os cancelamentos em série em vários aeroportos europeus são atribuídos a uma combinação de fatores, com greves em diversos países por melhor remuneração e condições de trabalho. Os terminais atuam com equipe reduzida, já que uma parte foi demitida durante a redução dos voos na pandemia, e tem sido difícil recontratar após a retomada das atividades.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Economia

+ Economia