Compartilhe este texto

STF desativa portal de transparência após questionamentos sobre gastos de ministros

Por Portal Do Holanda

20/05/2024 9h21 — em
Brasil


Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil/Arquivo

O Supremo Tribunal Federal (STF) desativou o portal de transparência que disponibiliza dados sobre gastos com passagens, diárias, funcionários, contratos e prestação de contas à sociedade. A decisão foi tomada após a Folha de S. Paulo divulgar os gastos do ministro Dias Toffoli no exterior, que totalizavam quase R$ 100 mil. 

A reportagem levantou dúvidas sobre as justificativas fornecidas pelo STF para os pagamentos de diárias de funcionários em viagens internacionais.

Ao se tratar do portal de transparência em si, o Tribunal alegou uma "atualização" na ferramenta de gerenciamento dos sistemas de dados, que, segundo eles, não recebia melhorias desde 2015. Ainda não há previsão para a reativação do site.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil