Para impedir tornozeleira, defesa diz que Flordelis não é de 'noitadas'

Por Portal do Holanda

24/09/2020 18h50 — em Brasil

Advogados dizem que ela não sai a noite- Foto: Divulgação

Advogados da deputada federal Flordelis, suspeita ser a mandante da morte do próprio marido, afirmaram que a mulher não é de “baladas” e “noitadas”, e por isso, não precisa de tornozeleira eletrônica e nem recolhimento domiciliar noturno.

A apuração de um site do sistema Globo, conseguiu parte da petição da defesa:  “No caso concreto, a medida de recolhimento domiciliar não é relevante, mas também inaceitável, eis que a acusada não o é dada a baladas, noitadas ou eventos festivos, levando vida morigerada e dedicada, além de suas atividades parlamentares, a manter sua casa em boa ordem, mas se opõe veementemente ao uso de tornozeleira eletrônica”, escreveram os advogados na última terça-feira.

Ainda segundo o site, Flordelis ainda não foi intimada sobre o monitoramento e a Justiça, determinou que a intimação seja feita em Brasília. Ao tomar ciência da decisão, a parlamentar terá 48 horas para se apresentar à Secretaria de Administração Penitenciária do Rio para que a tornozeleira seja instalada.