MP e TCU querem suspender compra da vacina Covaxin pelo Ministério da Saúde

Por Portal do Holanda

26/02/2021 18h34 — em Brasil

Doses da Covaxin - Foto: Reprodução/Bharat Biotech

O Ministério Público em conjunto com o Tribunal de Contas da União (TCU) pediram hoje (26) a suspensão do contrato de compra de 20 milhões de doses do imunizante indiano Covaxin feito pelo Ministério da Saúde. 

Na representação, o subprocurador-geral do TCU contestou o motivo do contrato de 1,614 bilhão da vacina que ainda não teve eficácia comprovada, nem autorização da Anvisa, segundo a agência Reuters.  

O Ministério da Saúde explicou que ' a aquisição da Covaxin permitirá assegurar e ampliar ainda mais a estratégia de vacinação dos brasileiros contra a covid-19. A aplicação das vacinas, como a de qualquer imunizante incorporado ao Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), está condicionada à prévia obtenção de registro ou de autorização para uso emergencial pela Anvisa'. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil