Siga o Portal do Holanda

Brasil

Maioria das vítimas de incêndio na Kyoto Animation morreu no acesso ao telhado

Publicado

em

Foto: Reprodução/TV Globo

Os corpos de 19 das 33 pessoas que morreram na quinta-feira (18) em um incêndio no prédio da Kyoto Animation, na cidade de Kyoto, no oeste do Japão, foram encontrados na escadaria que dava acesso ao telhado. Essas vítimas, de acordo com relatórios oficiais divulgados nesta sexta (19), não conseguiram chegar até a parte superior do imóvel de três andares porque a porta estava fechada.

Segundo um site de notícias do Globo, as autoridades acreditam que essas pessoas tenham tentado escapar para o telhado no meio da fumaça e das chamas, mas não conseguiram porque não puderam abrir a porta.

O incêndio no edifício dos estúdios de animação foi provocado por Shinji Aoba, de 41 anos. De acordo com a polícia, o homem, que sofre de transtornos mentais, acusou o estúdio de plagiar o seu trabalho. Ele sofreu queimaduras após cometer o incêndio, mas sobreviveu e foi detido. Ele já cumpriu pena por assaltar uma loja de conveniência e recebeu tratamento por problemas mentais, informou a rede de televisão pública japonesa NHK.

A NHK também mencionou que, apesar de as equipes de resgate terem encontrado a porta fechada, ela não estava trancada com chave. Existe a possibilidade da porta ter sido bloqueada por corpos que se acumularam perto dela, o que pode ter impedido o restante do grupo de acessar o telhado.

Além dos 19 cadáveres encontrados no acesso ao telhado, outros 11 foram localizados no segundo andar, dois no primeiro e mais um nos degraus que ligavam o segundo e o terceiro andar.

 

PF aplica 'remédio' em Bolsonaro

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.