JN chama mutação da Covid de 'variante amazonense' e é criticado na web

Por Portal do Holanda

26/01/2021 21h56 — em Brasil

Foto: Reprodução

Com o colapso na saúde, Manaus vem sendo noticiada em diversos jornais do mundo, e mais uma vez ficou em evidência no Jornal Nacional, que destacou sobre a mutação da Covid e a chamou de 'variante amazonense', o que fez o programa ser criticado nas redes sociais.

A notoriedade do estado desta vez, foi devido ao Instituto Adolfo Lutz confirmar nesta terça-feira (26) que  três pessoas do estado de São Paulo foram contaminadas com a 'variante amazonense do coronavírus', e que ela é um dos motivos para explosão de casos da Covid em Manaus.

A variante P1, cresceu no mês de dezembro e tem potencial de ser mais transmissível.

Segundo o jornal, cientistas alertam que a P1 se espalhe e seja a predominante no Brasil inteiro. O vírus viaja junto com os infectados. No caso do Amazonas, pelos rios, estradas e aeroportos.

No entanto, o nome vem incomodando internautas do norte do Brasil, que acreditam se tratar de xenofobia, já que segundo a infectologista Flávia Marquitti, pesquisadora do Observatório Covid-19 BR, é necessário acompanhar quais variantes estão surgindo em todos os estados do Brasil, não apenas no Amazonas, através de vigilância epidemiológica e genômica.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil