Greve dos caminhoneiros é mantida após Bolsonaro anunciar auxílio diesel

Por Portal do Holanda

22/10/2021 4h32 — em Brasil

Foto: Reprodução/CNN

A greve dos caminhoneiros, marcada para o dia 1º de novembro, deve ocorrer mesmo após o anúncio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o ' auxílio diesel '. O auxílio pretende beneficiar cerca de 750 mil caminhoneiros com bolsas de R$ 400 para compensar a alta do combustível.

No entanto, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTTL) afirmou que os "caminhoneiros não querem esmola, querem dignidade". 

"Caminhoneiro não faz nada com R$ 400, com diesel na média de R$ 4,80. Os R$ 400 propostos pelo presidente não atendem as demandas dos caminhoneiros. Manteremos nossas demandas e greve em 1º de novembro”, afirmou o organizador da paralisação de 2018, Wallace Landim, popularmente conhecido como Chorão.

A categoria prevê a paralisação em todo o Brasil.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil