Funcionários da Infraero e empresários são alvos de operação da PF

Por Portal do Holanda

21/10/2020 7h32 — em Brasil

Foto: Reprodução TV Globo

A Polícia Federal deflagra esta manhã (21), a Operação Índia, que apura fraudes em licitações e contratos firmados entre a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e a empresas do ramo de turismo e alimentação. Os alvos são funcionários e empresários que atuam nestes tipos de mercado e a ação ocorre em cindo estados: Goiás (DF), São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Rio de Grande do Norte.

Foi a própria Infraero que descobriu o esquema e levou o caso à polícia. Os crimes ocorreram de 2016 a 2018 e teriam desviado cerca de R$ 10 milhões, dos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Os suspeitos agiam subavaliando as praças de alimentação e espaços de quiosque para eliminar a concorrência e vencer o processo.

Os funcionários recebiam propina para isso e podem responder agora por associação criminosa, violação funciona, uma vez que se muniam de informações privilegiadas e repassam as mesmas, crimes licitatórios e corrupção. Nesse momento, os agentes da PF cumprem 19 mandados de busca e apreensão em busca de documentos e outras provas.