Filha de Queiroz é nomeada e exonerada no dia seguinte de cargo no Governo

Por Portal do Holanda

21/04/2021 7h52 — em Brasil

Queiroz e Evelyn trabalharam para Flávio Bolsonaro - Foto: Reprodução SBT

Uma das filhas de Fabrício Queiroz, Evelyn Melo de Queiroz, voltou a ter o nome estampado nos principais noticiários do país nesta terça-feira (20). Isso porque ela foi nomeada para um cargo na secretaria estadual da Casa Civil do Rio de Janeiro, e no dia seguinte foi misteriosamente exonerada.

Evelyn já era conhecida por ter trabalhado no gabinete de Flávio Bolsonaro e ser suspeita de participar de um esquema de rachadinhas. Na nova nomeação, que ocorreu no último dia 12, a mulher aparece como comissionada para o cargo de secretária nível II, pelo qual receberia R$ 2,4 mil.

Porém, no dia seguinte, sua exoneração foi publicada no Diário Oficial. Após o fato ser divulgado, o Governo do Rio se justificou dizendo que estava fazendo uma seleção para o cargo e que alguns nomes foram indicados.

Evelyn foi escolhida pelo então subsecretário de Administração sem que tivesse sido avaliada pelo GSI. Assim que a nomeação saiu e foi verificado o vínculo dela com Queiroz, bem como a polêmica das rachadinhas, ela foi desligada da Casa.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil