Compartilhe este texto

Estudo aponta que parar de fumar diminui 40% risco de desenvolver diabetes

Por Portal Do Holanda

04/12/2023 11h25 — em
Brasil


Foto: Freepik

Parar de fumar além de reduzir o risco de câncer de pulmão, também diminui as chances de desenvolver diabetes tipo 2 de 30% a 40%, conforme um estudo em conjunto entre a Organização Mundial da Saúde (OMS), da Federação Internacional de Diabetes e a Universidade de Newcastle, no Reino Unido.

No Brasil, 90% dos casos de diabetes são do tipo 2, que surge quando o corpo desenvolve resistência aos efeitos da insulina. Segundo a Vigilância dos Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas (Vigitel), 10,2% dos brasileiros sofrem diabetes.

Além da obesidade e do sedentarismo, o tabagismo é um dos fatores de risco mais importantes para o diabetes já que o cigarro afeta a capacidade do organismo de controlar os níveis de açúcar no sangue, causando problemas cardiovasculares, insuficiência renal e até cegueira.

Conforme o estudo, para diminuir o risco de desenvolver diabetes tipo 2, pessoas fumantes devem abandonar o hábito nos primeiros cinco a dez anos.

“A cessação do tabagismo é uma necessidade em qualquer situação. Mas naquelas pessoas onde existe uma condição de saúde associada, como o diabetes ou a hipertensão, é obrigatório parar de fumar porque o benefício e o impacto à saúde são multiplicados e o risco reduzido de forma intensa. Parar de fumar é absolutamente necessário a todos e, entre quem tem diabetes, deve ser uma prioridade”, afirmou a cardiologista Jaqueline Scholz ao Estadão.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil, Saúde e Bem-estar

+ Brasil