Empresário comete suicídio meses após ser obrigado a ver esposa sendo estuprada

Por Portal do Holanda

04/12/2014 19h09 — em Brasil

Na noite desta quarta-feira (04) um comerciante popularmente conhecido em Caldas Novas como “branco” cometeu suicídio na fazenda de sua família conhecida como “jenipapo”.

>>>CENAS FORTES. CLIQUE PARA AS IMAGENS DO LOCAL DA TRAGÉDIA<<<

Vanderlei Dias da Silva, 38 anos, estava em um jantar de confraternização com familiares quando em um dado momento foi ao quintal dizendo que iria preparar um frango, testemunhas disseram que chegaram a ouvir um disparo, mas não se assustaram, pois achavam que a vítima estaria matando o frango ou fazendo algum tipo de brincadeira. Com a demora, parentes foram ver o que tinha acontecido e ao chegarem no quintal depararam com “branco” caído e ao lado de seu corpo uma arma de fogo calibre 38. Equipes de resgate dos Bombeiros estiveram no local, mas já encontraram a vítima sem vida. Segundo informações da polícia, o disparo foi efetuado direto no ouvido.

>>>CENAS FORTES. CLIQUE PARA AS IMAGENS DO LOCAL DA TRAGÉDIA<<<

Parentes disseram aos policiais que “branco” estava tranquilo, não demonstrava ansiedade e nenhuma anormalidade, “estava até rindo muito”, disse um dos familiares. Vanderlei Dias da Silva, um dos proprietários da fazenda “jenipapo”, local muito conhecido pela promoção de festas, passou este ano por um dos piores momentos de sua vida quando teve sua fazenda invadida por marginais que torturaram seus parentes chegando até cometer abusos contra sua esposa na sua frente. Os autores nunca foram descobertos, mas Vanderlei dizia que nunca havia esquecido aquele dia, mas que já tinha superado o episódio e reclamava da demora em descobrir os autores e dizia que a justiça pertencia a Deus.

O caso será investigado pela polícia civil de Caldas Novas. Segundo os primeiros levantamentos da polícia preliminarmente não há duvidas que “branco” tenha cometido o suicídio, pois junto dele não havia ninguém e no local só havia parentes. O corpo de Vanderlei foi levado ao IML de Caldas Novas e será liberado nesta quinta-feira (04) para os familiares.