Compartilhe este texto

De onde vem o 'anarriê'? historiadora revela origem das festas juninas

Por Portal Do Holanda

16/06/2024 11h55 — em
Brasil


Foto: Reprodução Pixabay

As festas juninas, tradicionais celebrações de colheita no Brasil, são rivalizadas apenas pelo Carnaval em popularidade. Elas ocorrem em junho em homenagem a três santos: Santo Antônio (dia 13), São João (dia 24) e São Pedro (dia 29). Caracterizadas por música, dança, comidas típicas, bandeirinhas coloridas e fogueiras, essas festividades têm origens que remontam à Antiguidade, onde eram celebrações rurais pagãs do solstício de verão.

Scarlett Dantas, historiadora do Centro Universitário de Brasília (CEUB), explica que as festas juninas, inicialmente chamadas de “Festas Joaninas”, evoluíram desde o período medieval. Originárias de rituais de fertilidade e colheita, elas foram gradualmente incorporadas ao cristianismo pelo Império Romano e, mais tarde, adaptadas na colonização portuguesa do Brasil.

Os santos populares desempenham papéis específicos nas celebrações:
- Santo Antônio é o "santo casamenteiro", invocado por moças solteiras com simpatias para encontrar um marido.
- São João está associado a adivinhações sobre o futuro marido e a bênçãos para as lavouras.
- São Pedro é celebrado como padroeiro das viúvas e pescadores, encerrando o ciclo junino.

A quadrilha, uma dança de origem francesa, tornou-se a principal dança das festas juninas brasileiras, com termos franceses aportuguesados como "anarriê" (para trás) e "alavantú" (para frente). A culinária típica, como pamonha, canjica e pé-de-moleque, reflete a influência das culturas indígena e africana.

As festas juninas reforçam a identidade cultural brasileira, celebrando o trabalho agrícola e a comunidade, mesclando elementos indígenas, africanos e europeus. Além de preservar tradições, elas promovem a interação social e o fortalecimento dos laços comunitários.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil