CPI: Reverendo diz que foi usado de maneira ardilosa para 'fins espúrios'

Por Portal do Holanda

03/08/2021 11h59 — em Brasil

Reverendo Amilton em depoimento à CPI - Imagem: Reprodução/TV Senado

O reverendo Amilton Gomes de Paula disse que não negociou vacinas, em depoimento à CPI, nesta terça-feira (3). Ele é apontado por representantes da Davati como intermediário entre o governo federal e empresas que negociam vacinas. 

 

 

"Entendemos que fomos usados de maneira ardilosa para fins espúrios que desconhecemos", disse. 

O líder religioso contou que foi procurado pelo policial militar Luiz Paulo Dominghetti com oferta de R$ 400 milhões de doses da Astrazeneca. 

"Buscamos incansavelmente um mecanismo que amenizem o sofrimento da população. É nesse contexto e abordagem e, numa ocasião que o Brasil clamava por imunizantes, e as vacinas chegaram até nós", explicou.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil