Bolsonaro tem 15 dias para explicar ao TSE sobre fraudes nas urnas

Por Portal do Holanda

21/06/2021 19h55 — em Brasil

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro tem 15 dias para apresentar evidências de fraude ou irregularidades nas eleições de 2018, na qual foi eleito em segundo turno. A decisão é do corregedor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Felipe Salomão.

De acordo com o G1, o ministro afirmou na decisão que a credibilidade das instituições eleitorais "constitui pressuposto necessário à preservação da estabilidade democrática e a manutenção da normalidade constitucional”. Ele diz ainda que "relatos genéricos podem macular a imagem da Justiça".

Em sua última declaração sobre o assunto, Bolsonaro afirmou que teria ganhado a eleição no primeiro turno se não fosse a fraude nas urnas eletrônicas em 2018. “Eu fui eleito em primeiro turno. Tenho provas materiais disso, mas o sistema, não é, a fraude, existiu sim, me jogou para o segundo turno. Outras coisas aconteceram e eu só acabei ganhando porque tive muito voto e algumas poucas pessoas que entendiam de como evitar ou inibir que houvesse a fraude naquele momento”.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil