Bolsonaro ironiza vacinação: 'injeção, só se for de ânimo'

Por Portal do Holanda

19/01/2021 14h29 — em Brasil

Presidente já declarou que não pretende tomar a vacina. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) declarou, em encontro com apoiadores na frente do Palácio da Alvorada nesta terça-feira (19), que só recebe injeção "se for de ânimo". A frase faz referência à campanha de vacinação contra a Covid-19, que teve início esta semana em vários estados brasileiros.

“Tem o lado bom, né, a gente recebe uma injeção de ânimo aí”, disse, quando perguntado por um criança sobre a sensação de ser recebido diariamente por eleitores no Alvorada. “Injeção de ânimo, vou deixar bem claro", acrescentou o presidente.

Bolsonaro afirmou que não vai tomar a vacina por já ter contraído a Covid-19 e ironizou a eficácia do imunizante. Infectologistas, no entanto, dizem que mesmo os já infectados e curados terão de entrar na campanha de imunização.

Por outro lado, a Presidência da República colocou como sigiloso, por 100 anos, o cartão de vacinação de Bolsonaro. A tendência é que o chefe do Executivo seja obrigado a se vacina para entrar em alguns países como chefe de Estado.
 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil