Bolsonaro demitiu ministro da Defesa porque quer mais apoio militar

Por Portal do Holanda

29/03/2021 18h47 — em Brasil

Bolsonaro e Azevedo - Foto: Marcos Correa / PR

O presidente da República Jair Bolsonaro, demitiu o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, nesta segunda-feira (29), porque está insatisfeito com o afastamento crescente do serviço ativo das Forças Armadas do governo.

De acordo com a Folha de São Paulo,  interlocutores do agora ex-ministro, afirmam que esse é o motivo de Fernando Azevedo ter enfatizado, em sua nota de saída, que considera ter preservado as Forças Armadas como instituições de Estado até aqui.

Ainda de acordo com a Folha, quando Bolsonaro foi a atos que pediam o fechamento do Supremo Tribunal Federal e o Congresso, em 2020, Fernando Azevedo teve de equilibrar pressões de todos os lados. Além disso, o apoio dele ao general Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), que falou em "consequências imprevisíveis" quando a apuração sobre a interferência de Bolsonaro na PF esbarrou na hipótese de confiscar o celular do presidente e a falta de manifestação quando Bolsonaro sugeriu que o "meu Exército" iria agir contra lockdowns propostos por governadores de estados causou queixas entre militares da ativa, teriam incomodado o presidente, que esperava uma manifestação de Azevedo.

A gota d’água, teria sido o relato ao jornal Correio Braziliense no domingo (28), onde Azevedo falou como foram aplicadas normas rígidas de distanciamento e isolamento de vulneráveis e doentes na Força, garantindo um grau de contaminação pelo novo coronavírus menor do que na população em geral.

Bolsonaro teria se queixado de Azevedo e pediu a demissão do militar por considerar que a fala era ruim para a imagem do governo, conhecido por combater medidas básicas na pandemia. Azevedo se negou.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil