Bastidores da Política - A lista dos amigos que a Covid matou e a lista dos escolhidos para viver


A lista dos amigos que a Covid matou e a lista dos escolhidos para viver

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

23/01/2021 20h01 — em Bastidores da Política

Há duas  listas - a dos amigos que você atualiza  todos os dias e chora -, e  a lista dos que tomaram  a vacina porque são amigos do poder. Essa é a lista que suja as mãos  de gestores públicos, que envergonha  a sociedade, que expõe mais ainda à execração geral  a cidade de Manaus - que nem oxigênio tem para salvar vidas - e  cujos administradores carregam uma doença tão mortal quanto a Covid 19: a deterioração moral, o compadrio, a má fé, o desprezo com a vida de quem está no centro dessa guerra contra a pandemia - médicos, enfermeiros, maqueiros e outros servidores da saúde. 

Enquanto pessoas morriam por falta de oxigênio - seu irmão, seu pai, seu marido, sua mulher, seu filho seu melhor amigo - uma lista de privilegiados que darão sequência a uma nova  espécie  - era gerada nos bastidores do poder. Estes podiam ser salvos, porque agora  há um salvador.

"Eu fui escolhido para salvar o meu povo' - disse o prefeito  de Manaus no vídeo que você pode rever abaixo.

Coisa meia messiânica, mas a lista dos que furaram a vacina - porque foram  escolhidos a dedo - faz sentido, as escolhas fizeram sentido, a descoberta da fraude faz sentido.  Os escolhidos se livrarão do vírus, mas o outro vírus que essa gente carrega vai continuar matando, vai continuar seletiva com o povo, vai continuar gerando  pobreza, morte e dor.

“…no tempo em que os reis costumam sair para a guerra […] Davi ficou em Jerusalém”.

2 Sm 11.1

 

Raimundo de Holanda é jornalista de Manaus. Passou pelo "O Jornal", "Jornal do Commercio", "A Notícia", "O Estado do Amazonas" e outros veículos de comunicação do Amazonas. Foi correspondente substituto do "Jornal do Brasil" em meados dos anos 80. Atualmente escreve a coluna Bastidores no Portal que leva seu nome.