Siga o Portal do Holanda
CASO PARA UMA CPI

Governador e vice podem ter prevaricado se esconderam vídeo revelando cobrança de propina

Publicado

em

A suposta existência de um video revelando que o ex-secretário extraordinário Marcelo Alex Hossaine Nunes, dono da M1 Eventos, negociava pagamento de propina em nome do governador Wilson Lima (o que teria sido a causa da sua demissão por pressão do vice governador Carlos Almeida) precisa de uma explicação urgente do governo. Se de fato o video existe e é  do conhecimento do governador e do seu vice, os dois prevaricaram, pois deveriam ter  entregue a mídia ao  Ministério Público ou à Polícia.

A demissão de Marcelo Alex Hossaine Nunes, o segundo homem mais forte do governo, por ser amigo e conselheiro do governador, tem várias versões.  A mais grave é a de que foi gravado pela inteligência do governo negociando  pagamento de 30% para a renovação de contratos de empresas com a Seduc e Secretaria de Saúde. É grave porque,  embora tenha sido demitido, essa versão não foi desmentida, nem os órgãos de controle foram acionados.

Pelo contrário, há um perigoso pacto de silêncio entre quem supostamente pediu sua demissão - o vice governador - e o principal mandatário do estado.

O que afinal levou o governador a demitir Marcelo Alex? É a pergunta que precisa de resposta urgente sob pena de colocar todo o governo sob suspeita e dar ao Parlamento a possibilidade de abrir uma CPI para apurar o caso

+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.



Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.