Técnicos em enfermagem do 28 de Agosto ameaçam entrar em greve

Por

13/06/2014 9h10 — em Amazonas


 Técnicos de enfermagem que atuam na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital 28 de Agosto ameaçam paralisar as atividades neste final de semana caso a empresa Tapajós não pague  os salários atrasados. Eles são terceirizados e alegam que a   empresa,   do grupo Maxxiplan,  não tem honrado compromissos trabalhistas. 

Os técnicos dizem que procuraram o diretor do grupo, o empresário Silvio Correa Tapajós, e que ouviram dele uma ameaça : "se pararem vão para a rua. Quem não estiver satisfeito, que peça demissão". 


A UTI do 28 de Agosto tem 40 leitos, todos ocupados. Os pacientes poderão ser prejudicados com a possível paralisação dos técnicos, que também reclamam das condições de trabalho. 

Atualmente, as empresas   Grupo Maxxiplan prestam serviços em 14 unidades estaduais de saúde no município de Manaus. .