Semed vence Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2014

Por Portal do Holanda

19/11/2014 16h10 — em Amazonas

A Secretaria Municipal de Educação foi a grande vencedora na categoria “Instituições” do Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2014. O anúncio foi feito na noite dessa terça no mezanino da Torre de TV de Brasília, na solenidade de premiação organizada pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais. O prêmio foi concedido em virtude do Programa Municipal de Educação Fiscal de Manaus – Disseminando a Cidadania.

Esta foi a terceira vez que a Semed ficou entre as dez instituições finalistas do prêmio que elege os melhores projetos de educação fiscal realizados em escolas, universidades, prefeituras e organizações de todo o País. Além disso, promove a discussão sobre a importância dos tributos e acompanhamento dos gastos públicos do Brasil. Na primeira edição, a Semed ficou no 7º lugar entre as dez finalistas e no segundo ano da premiação, quando passou a ter Categoria Escola, a secretaria conquistou o 3º lugar.

O Programa Municipal de Educação Fiscal de Manaus – Disseminando a Cidadania, levou o troféu e a premiação de R$ 15 mil. De acordo com a chefe da Divisão de Ensino Fundamental da Semed, Ester Albuquerque, a primeira colocação foi o resultado de um grupo de trabalho de Educação Fiscal que trabalha o tema de forma transversal nas escolas.

“É super importante para nós este prêmio, pois é resultado de um grupo de trabalho de educação fiscal, é uma projeção nacional do trabalho feito pela Semed, um reconhecimento pelo que foi desenvolvido. Nas escolas de Manaus, a educação fiscal não é somente um programa, é algo  consolidado no currículo escolar do Ensino Fundamental de forma transversal”, destacou.

Além da professora Ester Albuquerque, a Semed foi representada pelos servidores Shirlei Vitor e André Oliveira, todos da DEF.

A premiação é uma ação da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais, em parceria com a Escola de Administração Fazendária, com o Programa Nacional de Educação Fiscal e com patrocínio do Banco de Brasília – BRB, da Petrobras, além de outros patrocinadores. Neste ano, a premiação recebeu mais de 100 inscrições de empresas e entidades de 14 estados, além do Distrito Federal.

Na categoria Escolas, a grande vencedora foi a Escola Estadual de Ensino Médio Frei Ambrósio, de Santarém no Pará, com o projeto  Sol Cidadão Legal.

O programa em Manaus

Hoje existem 1,5 mil disseminadores inseridos nas Divisões Distritais Zonais e nas unidades educacionais da secretaria. Por meio de palestras, atividades lúdicas, dentro e fora de sala de aula, eles compartilham conhecimentos e interagem com alunos sobre a origem, aplicação e controle dos recursos públicos, favorecendo a participação social, com parceria de instituições como a Escola de Administração Fazendária, a Secretaria do Estado da Fazenda do Estado do Amazonas, entre outros.