Sem pagamento artistas provocam fogo em galpão do Caprichoso

Por

15/07/2014 13h02 — em Amazonas

PARINTINS - Parte dos artistas que trabalharam para o Boi Caprichoso em 2014 voltaram a se concentrar no galpão do boi para reivindicar os pagamentos atrasados.

O grupo que chegou a produzir uma fogueira no local revoltados com a falta de pagamento da última parcela dos pagamentos.

"Nunca imaginei passar por isso até porque na campanha o Rossy afirmou que teria compromisso com a gente, mas a realidade é outra", disse um artista que temendo represálias preferiu não se identificar. Dizendo que não tinha nem o que almoçar completou: "Tenho contas a pagar. Nunca pensei que essa diretoria, principalmente o Rossy, ia nos abandonar. Ele está no Rio de Janeiro muito bem obrigado e nós estamos no rio da amargura. Tenho contas a pagar e uma família pra manter. Tudo não passou de promessa".

(Fonte: A Folha de Parintins)