Projeto inédito de empresa no Amazonas busca reduzir custos por meio de energia solar

Por Portal do Holanda

25/11/2021 15h19 — em Amazonas

Foto: Usina de Maués/Divulgação

Dona de 42 usinas térmicas no Amazonas, a empresa Oliveira Energia pediu à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para instalar painéis solares em suas plantas, visando a redução de custos com o óleo diesel. 

O projeto tem como objetivo, produzir parte da energia com fonte vinda do sol, sem afetar o nível de produção que a empresa promete entregar. Com o uso dos painéis solares, a empresa poderá reduzir o gasto com o combustível que é cobrado na conta de luz dos consumidores por meio de encargos. O pedido está sendo avaliado pela Aneel, de acordo com o Estadão. 

Um exemplo apresentado pela empresa, mostrou a redução de custo em apenas uma das usinas, que seria a planta de Maués, estimando a redução de R$52,6 milhões em cobranças dos encargos em um período de 48 meses. O que precisaria de cerca de 150 painéis solares para esta unidade, conforme foi apontado pela Oliveira Energia. 

Esta ideia de usina híbrida já é realidade em outras regiões. De acordo com a Agência, existe uma usina híbrida funcionando e em operação comercial, que conta com a instalação de painéis solares no complexo eólico Ventos de São Vicente, somando 68 megawatts (MW) de potência. 

De acordo com a Aneel, existem usinas que são conectadas ao Sistema Interligado Nacional, que transmite energia para os Estados do país, já no Amazonas as usinas operam em sistema isolado, ou seja, não tem conexão com a rede nacional. Desta forma, a previsão de operação híbrida foi concluída nos editais de concessão para que as unidades possam adicionar uma outra fonte de geração limpa.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas