MP recomenda suspender tratamento de nebulização com cloroquina no Amazonas

Por Portal do Holanda

13/05/2021 17h08 — em Amazonas

Paciente faz uso de nebulização. Foto: Divulgação/ CRM

Manaus/AM - O Ministério Público do Amazonas (MPAM) e a Defensoria Pública do Estado (DPE) expediram recomendação à Prefeitura de Itacoatiara, solicitando a suspensão imediata de nebulização com hidroxicloroquina hidrolisada em pacientes com Covid-19, sem fundamentação científica e sem autorização prévia.

“O maior fundamento é uma orientação do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa, que não recomenda esse tratamento experimental”, disse um promotor de Justiça do MPAM.

A ação se deu após a Defensoria Pública encaminhar ofício ao Hospital Regional José Mendes (HRJM), questionando se a unidade hospitalar realizou tratamento com cloroquina hidroxicloroquina nebulizada nos pacientes acometidos pela Covid-19, recebendo resposta positiva.

Segundo a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) do Conselho Nacional de Saúde (CNS), o tratamento com cloroquina nebulizada desrespeita normas de ética clínica no Brasil por não haver registro de pesquisas nesse sentido no seu banco de dados. Sendo assim, o procedimento experimental no hospital do município ocorreu sem a aprovação de um Comitê de Ética em Pesquisa ou mesmo da Conep.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas