Motoristas de aplicativos protestam contra preço dos combustíveis em Manaus

Por Portal do Holanda

12/02/2021 12h21 — em Amazonas

Categoria pediu flexibilização do lockdown. Foto: Jander Robson/Portal do Holanda

Manaus/AM - Motoristas de aplicativo realizaram manifestação pacífica nesta sexta-feira (12) em frente à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) contra aumento do preço dos combustíveis (gás e gasolina), o desconto praticado pelas plataformas digitais e a apreensão de veículos.

"Hoje, o motorista de aplicativo faz uma corrida de R$ 10, e fica R$ 4 para a plataforma e R$ 4 para os postos de gasolina. É inadmissível que estejam empurrando goela abaixo o valor abusivo (da gasolina) durante essa crise financeira e de saúde pública", afirmou o representante da categoria, Felipe Trajano.

O valor do combustível chega a custar R$ 5,13 em alguns postos de gasolina. "Hoje, se você consegue uma renda de R$ 100, R$ 70 vão para o posto", exemplificou Trajano.

Os motoristas solicitam também a flexibilização do lockdown, pois há pouca demanda devido ao isolamento social. "Não adianta soltar (os veículos) e não ter passageiros", finalizou o representante.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas