Compartilhe este texto

Manaus tem mais de 151 mil famílias no CadÚnico sem receber Auxílio Brasil

Por Portal do Holanda

24/05/2022 11h46 — em
Amazonas


Foto: Divulgação

Manaus/AM - A cidade de Manaus tem cerca de 151.639 famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) em condições de receber, mas não são atendidas pelo Auxílio Brasil de R$ 400, programa que substituiu o Bolsa Família.

A capital tem um total de 281,615 mil famílias inscritas no CadÚnico, portanto, em condições de receber o benefício, mas apenas 129.976 são beneficiárias do programa, de acordo com informações disponibilizadas pelo site da Prefeitura Municipal.

No Brasil, mais de 1,3 milhão de pessoas estão inscritas no Auxílio Brasil, que atendem aos critérios, mas não entram no programa, segundo dados da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).  

No Cadastro Único para Programas Sociais estão informações socioeconômicas das famílias brasileiras de baixa renda, que são aquelas com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa. Com essas informações, o governo conhece as reais condições de vida da população e, a partir dessas informações, selecionar as famílias para diversos programas sociais.

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a fila de pessoas em situação de extrema pobreza e pobreza que atendem aos critérios de elegibilidade para receber o Auxílio Brasil, não para de crescer e chegando a 1,3 milhão de pessoas em março.

No ano de 2021, a Secretaria Municipal de Assistência Social da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), realizou 114.947 atendimentos, entre visitas, orientações, carteira do idoso, inclusões e atualizações cadastrais por meio das unidades de atendimento.

O Ministério da Cidadania esclarece que, além de o grupo familiar ter que estar na faixa de extrema pobreza (renda mensal de R$ 105 por pessoa) ou de pobreza (entre R$ 105,01 e R$ 210), é preciso ter em sua composição gestantes ou pessoas com até 21 anos incompletos.

Além disso, os dados no CadÚnico dos últimos dois anos não podem ser divergentes dos que estão em outros cadastros do governo federal.

No último mutirão realizado pela Semasc, no dia 7 deste mês, no Shopping Phelippe Daou, no bairro Cidade de Deus, zona Leste da capital, cerca de 1.100 pessoas das zonas Leste e Norte foram cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) Jorge Teixeira, Cidade Nova, Terra Nova e Prourbis.
 
Atualmente, os Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) estão atendendo mediante agendamento, de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h. A lista com os endereços e contatos dos CRAS está no link: semasc.manaus.am.gov.br/cras/contato-e-areas-de-abrangencia-dos-cras/.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas