Juíza defere candidatura de Keitton Pinheiro e confirma que candidato tem ficha limpa

Por Portal do Holanda

25/11/2021 12h11 — em Amazonas

Keitton lidera pesquisas- Foto: Divulgação

Coari (AM) - A juíza responsável pela eleição suplementar em Coari, Mônica do Carmo, deferiu na manhã desta quinta-feira (25) a candidatura de Keitton Pinheiro (Progressistas) para o cargo de prefeito de Coari. A coligação de Robson Tiradentes (PSC) havia entrado com um pedido de impugnação que foi totalmente negado pela magistrada.

No pedido de impugnação os adversários de Keitton alegavam que por ter sido candidato a vice na chapa de Adail Filho nas eleições de 2020, também não poderia ser candidato agora. Também o acusaram de ter “ficha-suja” se referindo a registros processuais onde o nome do candidato aparece, como aquele em que foi conduzido à Polícia durante investigação do Ministério Público. Nos dois casos a juíza confirmou que Keitton não tem qualquer culpa.

Sobre dar causa à nova eleição

Conforme constatado na decisão da juíza e em farta jurisprudência, o único que teve seu registro impugnado foi Adail Filho, já que conforme decisão da justiça eleitoral o mandato exercido por Magalhães após registro de Adail Pinheiro ter sido cassado, não contaria. Desta forma seriam três mandatos seguidos exercidos pelo mesmo núcleo familiar (Adail Pinheiro/2021, Adail Filho/2016 e Adail Filho /2020). Desta forma Keitton estaria livre para disputar a eleição suplementar.

 

Clique para baixar arquivo

Sobre os processos e a prisão temporária

Apesar de um pedido de impugnação sempre ser uma dor cabeça, nesse caso para Keitton serviu para confirmar que é ficha limpa e tem conduta ilibada.

Tanto é que a magistrada lembrou a decisão contra Ronaldo e Robson Tiradentes que afirmavam que Keitton seria preso e que tinha mandado de prisão contra ele. A juíza entendeu que isso se trata de uma fakenews e decidiu proibir que isto continuasse a ser propagado.

“DETERMINANDO aos radialistas RONALDO TIRADENTES e
ROBSON TIRADENTES que se abstenham de propagar notícias quanto a existência de mandado de prisão em desfavor do candidato da Coligação Unidos por Coari, senhor Keitton Pinheiro, especificamente quanto aquele que se constata não estar ativo no BNMP…. Mandado de prisão foi revogado, conforme afere-se dos autos da representação que tramita neste juízo”, afirmou em decisão.

A prisão temporária a que Keitton foi submetido não se tratava de confirmação de crime. Com base em denúncias que depois se confirmaram falsas, o Ministério Público teve que abrir investigação. Atualmente não há nenhuma denúncia ou acusação contra o candidato, já que as investigações comprovaram sua inocência.

Confira a situação de todos os processos onde constam o nome de Keitton, apresentados pelos opositores pedindo impugnação e o que diz a justiça sobre cada uma delas:

0000445-52.2018.8.04.3800: Keitton apenas figura como testemunha
0000409-07.2018.8.04.3801: Denúncia em desfavor de Keitton na Justiça Comum foi rejeitada.
0001197-84.2019.8.04.3801: Denúncia em desfavor de Keitton na Justiça Comum foi rejeitada.
0001161-08.2020.8.04.3801: Keitton  é apenas autor da ação
0000829-44.2020.8.04.3800: Mera carta de ordem que não possui implicação ao jus honorum
0600089-03.2021.8.04.3800: Keitton  é apenas autor da ação
0600608-75.2021.8.04.3800: Keitton  é apenas autor da ação
0006044-86.2019.8.04.0000: Mandado de prisão foi revogado, conforme afere-se dos autos da representação que tramita neste juízo

Líder nas pesquisas

Em pesquisa divulgada nesta quarta-feira (24), Keitton aparece absoluto na preferência do eleitorado coariense. Conforme a Pontual Pesquisas, ele deverá ser eleito com 49,9% dos votos válidos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas