Estudante cria tabela periódica em braile 3D que será usada em escolas públicas do Amazonas

Por Portal do Holanda

01/12/2021 17h03 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Uma tabela periódica em braile 3D, criada com o uso da tecnologia de impressão 3D, utilizando filamentos para modelagem dos 118 elementos catalogados na tabela, foi desenvolvida pelo estudante Vítor Gabriel Simões, 18, aluno da Escola SesiI Dra. Emina Barbosa Mustafa, em Manaus. 

A ferramenta poderá ser usada por escolas da rede pública municipal e estadual por estudantes com deficiências visuais e será uma ferramenta importante para o estudo da Química.

O trabalho de Vitor Simões, que é finalista da primeira turma do Novo Ensino Médio Sesi Senai, foi desenvolvido em parceria com o Conselho Regional de Química XIV Região. 

Com o uso do programa Autodesk Inventor, software completo de ferramentas de engenharia para criação de projetos 3D e documentação e simulação de materiais, Vítor desenvolveu um projeto da tabela periódica completo em braile e 3D.

“Eu fico muito feliz de poder colaborar com esse projeto para as pessoas que possuem deficiência visual, porque existe essa dificuldade de aprendizado deles em química e através dessa tabela periódica 3d em braile, eles vão poder, assim como os outros alunos, identificar os elementos, o número atômico, entre outras coisas, e isso é muito prazeroso, saber que estamos fazendo parte desse projeto de inclusão dentro das escolas”, disse o aluno.

O projeto já foi desenvolvido e está em processo de impressão dos 118 elementos, com o auxílio da professora de química da Escola SESI e Relações Institucionais do Conselho Regional de Química XIV Região, Ana Caroline Duarte, e do professor do SESI e técnico da equipe de robótica Team Prodixy, Glauco Soprano.

Ana Caroline disse que está sendo feito um mapeamento pelo Conselho de Química desse quantitativo do material dentro das escolas públicas e estaduais. “Conforme for levantado esse número, o Sesi irá realizar as impressões para entrega desse material para o Conselho e posteriormente para esses alunos” explicou.

A parceria conta com os materiais e filamentos necessários para produção, doados pelo Conselho de Química; a modelagem é feita pelo aluno e a impressão conta com a impressora 3D da Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa. 

Ao todo, a amostra, depois de revisada e ajustada no software utilizado para criação, leva cinco dias corridos para impressão de todos os 118 elementos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas