Compartilhe este texto

Deficientes visuais concluem curso de massoterapia pelo Senac Amazonas

Por Portal do Holanda

20/01/2022 9h59 — em
Amazonas


Aluna cega aprende a fazer massagem / Divulgação Senac AM

Manaus/AM - Uma turma formada por 11 pessoas com deficiência visual se qualificou no curso de massoterapia oferecido pelo Senac Amazonas, na unidade do Centro.

O curso teve a presença de 6 cegos total e outros cinco com baixa visão, todos integrantes da Associação dos Deficientes Visuais do Amazonas (Advam), que buscavam novas oportunidades de trabalho e renda que encontraram nas massagens uma trilha interessante, segundo afirmaram.

De acordo com o professor do curso de massoterapia do Senac, Nazo Ferreira, a ideia de reunir uma turma com deficientes visuais surgiu há muitos anos, no ano 2000.

Mas apesar do esforço, não foi possível reunir uma turma, fato que só veio acontecer em 2021, após a parceria do Senac com a Advam.

A expectativa é que com amenização da pandemia, as pessoas qualificadas possam iniciar suas atividades.

Nazo explica que a inclusão de pessoas que enxergam, que são os chamados videntes foi para a formação de uma turma inclusiva. “A partir daí a associação selecionou todas as pessoas, fez o contato com a supervisão e o Senac materializou o projeto. Foi uma surpresa muito grande. O cego sente mais do que as pessoas que enxergam, ele tem uma sensibilidade aguçada ao extremo”, destaca.

O professor observou que a turma, formada por deficientes visuais e os “videntes”, fez toda a trilha do curso, aprendendo aprendeu técnicas como drenagem linfática, massagem relaxante, massagem terapêutica e massagem voltada para o atleta. “O grupo também consegue trabalhar com ventosa, bambu, pedras e com técnicas, como: shiatsu, zen shiatsu e shiatsu dos pés descalços”, completou.

Entre os participantes, muitos ganharam um novo ofício, caso da Naná Fernandes, de 63 anos. Ela sofreu um descolamento de retina irreversível devido problema com a diabetes e perdeu a visão há 10 anos. Antes, Naná trabalhava na área de Marketing, e desde então buscava uma nova ocupação que fizesse sentido para ela.

“Participar foi uma oportunidade única, era meu sonho fazer um curso desse, ainda mais sendo gratuito. Foi muito benéfico para mim, me empenhei demais e já estou obtendo resultados. Estou atuando em um salão. Vi na massagem uma oportunidade. Eu vim encontrar algo que ocupasse mais que meu tempo, queria algo que me desse um propósito”, relata Naná.

Outro aluno, Marinaldo Souza, 42, já tinha tido contato com a massagem antes do Senac, pois havia feito um curso na área, mas queria aprender mais para se posicionar no mercado de trabalho e atrair mais clientes. Ele ficou sem visão aos 23 anos, após adquirir a “bactéria do gato”.

“Essa profissão veio mais para acrescentar na minha renda familiar, sempre pedi a Deus um trabalho que fosse bom para mim e estou abraçando com unhas e dentes. Fiz um curso em 2017 em outra instituição e aqui aprimorei. Já faço atendimentos em casa, a domicílio, em eventos”, disse.

A parceria entre o Senac e a Advan vai continuar com a oferta de novas turmas com cursos inclusivos. Além do curso de massagista, outros estão sendo ajustados para atendimento desse público, informa o professor Nazo Ferreira.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas