Amazonas ultrapassa 178 mil casos de coronavírus

Por Portal do Holanda

30/11/2020 18h41 — em Amazonas

Coronavírus - Foto: Portal do Holanda / Arquivo

Manaus/AM - O Boletim Diário Covid-19 da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), edição nº 240, divulgado, nesta segunda-feira (30), traz o registro de 209 novos casos de Covid-19, totalizando 178.200 casos da doença no estado.

Ainda de acordo o Boletim Diário da FVS-AM, foram confirmados nove óbitos por Covid-19, sendo cinco ocorridos no dia 29 e quatro óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 4.894 o total de mortes.

Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, neste domingo (29), foram registrados seis sepultamentos por Covid-19. O boletim acrescenta ainda que 21.123 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, o que corresponde a 11,85% dos casos confirmados ativos.

Nesta edição, 11 municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Alvarães, Apuí,  Codajás, Eirunepé, Juruá, Manaquiri, Nova Olinda do Norte, Pauini,  São Paulo de Olivença, Tapauá e Tonantins.

Casos confirmados por cidades– Dos 178.200 casos confirmados no Amazonas até esta segunda-feira (30), 70.799 são de Manaus (39,73%) e 107.401 do interior do estado (60,27%).

Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (8.086); Parintins (6.745); São Gabriel da Cachoeira (4.817); Tefé (4.414); Manacapuru (4.339); Humaitá (4.101); Carauari (3.558); Lábrea (3.318); Presidente Figueiredo (3.091); Iranduba (2.857); Barcelos (2.839); Itacoatiara (2.691); Eirunepé (2.618); Ipixuna (2.405); Santa Isabel do Rio Negro (2.336); Maués (2.205); Careiro (2.098); São Paulo de Olivença (2.064); Tabatinga (1.973); Rio Preto da Eva (1.792); Benjamin Constant (1.720); Boca do Acre (1.617); Manicoré (1.547); Atalaia do Norte (1.490); Autazes (1.491); Pauini (1.472); Barreirinha (1.391); Alvarães (1369); Urucurituba (1.340); Santo Antônio do Içá (1.333); Itapiranga (1.292); Nova Olinda do Norte (1.226); Tapauá (1.216); Anori (1.126); Beruri (1.048); Amaturá (1.026); Fonte Boa (996); Uarini (994); Anamã (979); Nhamundá (959); Envira (955); Guajará (954); Urucará (908); Novo Aripuanã (820); Borba (786); Canutama (762); Maraã (724); Novo Airão (712); Silves (694); São Sebastião do Uatumã (677); Tonantins (651); Manaquiri (630); Itamarati (608); Juruá (574); Japurá (567); Boa Vista do Ramos (511); Jutaí (485); Caapiranga (375); Careiro da Várzea (373); Apuí (340) e Codajás (316).

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 3.117 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.777.

A lista inclui Manacapuru (168); Parintins (154); Coari (121); Tefé (100); Itacoatiara (92); Tabatinga (86); Humaitá (80); Iranduba (60); São Gabriel da Cachoeira (58); Maués (49); Benjamin Constant (46); Lábrea (43); Autazes (37); Manicoré (36); Presidente Figueiredo (36); Barcelos (28); Barreirinha (27); Nova Olinda do Norte (27); Santo Antônio do Içá (27); São Paulo de Olivença (27); Careiro (24); Rio Preto da Eva (24); Borba (23); Carauari (23); Manaquiri (21); Alvarães (20); Santa Isabel do Rio Negro (20); Fonte Boa (19); Jutaí (16); Nhamundá (16); Tonantins (16); Anori (15); Guajará (15); Boca do Acre (14); Urucará (14); Novo Aripuanã (13); Uarini (13); Beruri (12); Itapiranga (12); Eirunepé (11); Ipixuna (11); Novo Airão (11); Amaturá (10); Urucurituba (10); Caapiranga (9); Juruá (8); Tapauá (8); Codajás (7); Itamarati (7); São Sebastião do Uatumã (7); Silves (7); Boa Vista do Ramos (6); Careiro da Várzea (6); Pauini (6); Canutama (5); Apuí (4); Atalaia do Norte (4); Maraã (4); Envira (2); Anamã (1) e Japurá (1).

Adesão às medidas de prevenção - O uso da máscara, manter a distância entre as pessoas, lavagens das mãos com água e sabão ou a utilização de álcool em gel, são recomendações consideradas fundamentais no controle da circulação do vírus da Covid-19, que continua presente no Estado.

A FVS-AM alerta que a flexibilização dos serviços e comércios não descredencia essas medidas que são essenciais para manter as atividades funcionando.

 


+ Amazonas