Prazo para alistamento on-line no serviço militar 2019 termina sexta-feira

Por Portal do Holanda

24/06/2019 12h02 — em Amazonas

Foto: Divulgação / Junta Militar

Manaus/AM - O prazo para o alistamento on-line militar obrigatório termina na próxima sexta-feira (28), para os jovens brasileiros que estão completando 18 anos em 2019.  Desde o ano passado, o alistamento militar é feito em plataforma on-line, com todas as fases de recrutamento previstas em um sistema eletrônico. A Prefeitura de Manaus também oferece a opção de alistamento presencial procurando a 34ª Junta de Serviço Militar (JSM) da Casa Militar, localizada na rua Visconde de Mauá, no Centro, ou nos Prontos Atendimentos ao Cidadão (PACs) da capital.

Os candidatos podem fazer o alistamento pelo site www.alistamento.eb.mil.br, informando o número do CPF para validação dos dados pessoais. O alistamento on-line é uma modalidade opcional, em que o jovem após realizar seu alistamento pelo site do Exército, deverá acompanhar sua situação, para saber se foi dispensado do serviço militar obrigatório ou encaminhado para seleção.

No alistamento presencial, devem ser apresentados a carteira de identidade (RG), CPF e comprovante de residência. No ato é preciso informar um telefone fixo ou celular para contato, além de e-mail pessoal. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30. As segundas vias de documentos só poderão ser retiradas na sede da Junta Militar.

O período para alistamento está aberto desde janeiro e se encerra no último dia útil de junho, a comissão de seleção acontece no mesmo ano.

O alistamento fora desse prazo somente poderá ser realizado nos postos da Junta Militar, localizados nosPACs, ou na sede do órgão, no horário das 8h às 16h.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas