Paço da Liberdade recebe exposição em homenagem a Alan Moore

Por Portal do Holanda

04/11/2014 15h08 — em Amazonas

 

 

Nesta quarta-feira, 05, o Paço da Liberdade, no Centro Histórico, celebrará o Dia Nacional da Cultura Brasileira com a abertura da “A Voz do Fogo”, mostra que homenageia o escritor inglês Alan Moore - um dos mais premiados roteiristas de Graphic Novel, estilo de história em quadrinhos conhecido como romance gráfico. O evento é gratuito e tem início às 19h.

A exposição ocorre até o dia 5 de dezembro e é uma iniciativa da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manascult), em parceria com a Strategos Gestão Cultural. Palestras, mesas redondas e encontro de fãs também integram a agenda de atividades da exposição.

Ao todo, 22 artistas amazonenses farão parte do evento, sendo a maioria autores de ilustrações baseadas nas histórias de Moore a exemplo de “Watchmen”, “V de Vingança”, “Monstro do Pântano” e “Do Inferno”, além de trabalhos do início de sua carreira na Inglaterra e obras recentes como o filme “Show Pieces”.

De acordo com o diretor de Cultura da Manauscult, José Augusto Cardoso, a exposição é uma oportunidade de fomentar a arte dos quadrinhos na região. “Alan Moore elevou o padrão dos quadrinhos para a categoria de arte, com histórias maduras e voltadas a outro público, além de ser autor de diversos contos publicados por renomadas editoras do segmento. A mostra é mais uma iniciativa da fundação em abrir espaço para outros tipos de manifestações artísticas”, declarou.

 

Alan Moore

 

Alan Moore é um dos mais premiados roteiristas de Graphic Novels das últimas décadas. Iniciou sua carreira nos anos 70 produzindo fanzines e tiras para o jornal de sua cidade natal, Northampton. Após receber vários prêmios no mercado inglês, atingiu reconhecimento mundial por seu trabalho na revista “Monstro do Pântano” da editora americana DC Comics. Ainda na mesma editora lançou, em 1986, seu mais aclamado trabalho “Watchmen”.

A obra teve tanto impacto que o prêmio literário “Hugo Awards” criou a categoria “Outros” para premiá-lo e a revista Times a incluiu na sua lista dos mais importantes romances do século 20. No início dos anos 90, após desavenças com editoras americanas pelo direito de uso de seus personagens voltou a publicar por editoras independentes.

Sua obra já recebeu diversos prêmios incluindo: Eisner Award - maior da indústria dos Quadrinhos, Angoulême International Prize - mais importante prêmio europeu de quadrinhos - e o Bram Stoker Award, prêmio literário do Reino Unido.

 

Dia Nacional da Cultura

 

Segundo o Ministério da Cultura (MinC), a data foi criada em 15 de maio de 1970, pela Lei nº 5.579, e marca o aniversário de nascimento do jurista, político, escritor e diplomata Rui Barbosa (1849-1923).

 

SERVIÇO

Exposição “A Voz do Fogo”
O quê: Paço da Liberdade recebe exposição em homenagem a Alan Moore.
Onde: Paço da Liberdade, rua Gabriel Salgado, S/N, Centro. 
Quando: De 5 de novembro a 5 de dezembro.

Atividades:

Quarta-feira (5/11), às 19h – Abertura da Exposição

Quinta-feira (6/11), às 18h – Palestra “O Contexto Político de V de Vingança”. 
Palestrante: Sarah Farias.

Sexta-feira (7/11), às 18h – Palestra “A Estética e Linguagem de Watchmen”. 
Palestrante: Evaldo Vasconcelos.

Sexta-feira (14/11), às 18h – Mesa Redonda “Quadrinhos e Cinema: as adaptações das obras de Alan Moore”.

Convidados: Professor Tom Zé e Rod Castro.

Terça-feira (18/11), às 18h – Mesa Redonda “A Influência do trabalho de Alan Moore no mercado de quadrinhos”. 
Convidados: Wilson Prata, Evaldo Vasconcelos, Sarah Farias.

Sexta-feira (21/11), às 18h – Mesa Redonda “Produção Nacional de Quadrinhos”. 
Convidados: Ely Sena, PulaPirata, Animeniac X Mao.

Artistas participantes: Al Ramon, Carol Peace Maker, Cleber daMaiia, Cristoffer Oliveira, Daniela Mendes, Denise Vincentim, Di Paradise, Evaldo Vasconcelos, Gabriela Quin, Luiz Andrade, Nádja Khisthina, Rafael Antônio Rodrigues, Rayanne Cardoso, Rogério Árab, Rovianney dos Santos, Samantha Karlia, Sarah Farias, Saulo Oliveira, Wagner Willian.