Compartilhe este texto

Grupo teatral amazonense realiza turnê pelo interior de São Paulo

Por Portal do Holanda

16/05/2022 15h14 — em
Agenda Cultural


Foto: Divulgação

Manaus/AM - A Buia Teatro Company, grupo teatral amazonense, está percorrendo diversas cidades do país com sua ópera dedicada ao público infantil. Depois de uma temporada de sucesso na cidade maravilhosa (Rio de Janeiro), o grupo segue para o Estado de São Paulo. O Grupo foi contemplado no Edital Sesi Viagem Teatral, e nesse primeiro semestre percorrerá as cidades de São José do Rio Preto e São José dos Campos, o público poderá conferir a peça gratuitamente.
 
O enredo traz cinco crianças insones que tiveram seus sonhos roubados. Sem dormir, elas enfrentam os perigos gerados pelos maus pensamentos e sonhos ruins, ao mesmo tempo que refletem sobre valores importantes como amizade e união entre irmãos, o diálogo com os pais, hábitos de higiene pessoal e os perigos da destruição do meio ambiente e do consumismo. Nesta vibrante opereta, sonhos, fantasias, imaginação, perigos reais e hipotéticos, humor e soluções inusitadas deixam o público de cabelos arrepiados de alegria. Com texto de Karen Acioly e direção do amazonense Tércio Silva.
 
Karen Acioly é conhecida pelo seu talento único no teatro brasileiro: a capacidade de criar observando e escutando o seu público-alvo.
- Observei as crianças, que são antenas do que vivemos na sociedade. Percebi as crianças urbanas, conectadas, dormindo cada vez mais tarde e me perguntei: mas por que será? Quais angústias? Do que sentem medo - questiona a autora.
 
A montagem da companhia amazonense Buia Teatro com a ficha técnica toda de artistas do norte. O Buia Teatro foi fundado em 2015 pelo diretor e produtor amazonense Tércio Silva em parceria com a atriz Maria Hagge. A companhia vem se destacando no cenário das artes da cena em diálogo com a cidade de Manaus, a Região Norte e todo o Brasil. Diálogo esse, que tem se materializado através de projetos como a opera ‘Cabelos Arrepiados’ que já amealhou prêmios ao longo dos últimos dois anos, entre eles o prêmio de melhor figurino e trilha sonora original no Festival Nacional de Teatro de Varginha (MG).
 
Parceiro de longa data da autora, o diretor Tércio Silva comemora a oportunidade de estar circulando com a obra no Estado de São Paulo.
 
- É uma oportunidade única viajar com nossa trupe, está apresentando no Estado de São Paulo. É a primeira vez que uma opera pra crianças do norte, produzida por um coletivo independente consegue esse feito. Não se trata apenas de apenas mais um espetáculo, e sim de criar oportunidades para que artistas do norte do país tenham visibilidades no Sul e Sudeste. O custo amazônico muitas das vezes (ou quase sempre) nos impede de circular com obras em outros territórios - defende.
 
Ainda segundo Silva, a estética da obra mergulha no expressionismo alemão e na cinematografia de Tim Burton, com pinceladas do universo de Alfred Jarry e Edward Gorey.
 
- Cabelos é uma obra única, que nos coloca crianças insones enfrentando os perigos gerados pelos maus pensamentos e pelos sonhos ruins, ao mesmo tempo que descobrem o amor e desenvolvem por conta própria a capacidade de superação dos obstáculos. Tudo isso no universo do medo, do mistério, do macabro e do fantástico. Respeitando a dramaturgia de Karen, deixei espaços para que a criança completasse a história, brincando com signos e referências de forma metafórica.
 
O elenco é composto por atores e atrizes amazonenses. Maria Hagge que interpreta o personagem Tico e assina o figurino. Jeferson Mariano é Chico, o narrador de sonhos e o maestro que toca o piano e conduz a narrativa. Outro narrador é Juca, interpretado pelo ator Davi Lopes. A atriz e cantora Magda Loiana é uma das crianças. Gabriel Anjos é Ciro que tem seu sonho roubado pelo mau pensamento. Já Cleyton Diirr faz a manipulação e assina a feitura das formas animadas.
 
 
O Trabalho já ocupou a programação infantil no canal do Youtube do Itaú Cultural de São Paulo.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Agenda Cultural

+ Agenda Cultural