Casarão de Ideias é o único do Norte a ter projeto aprovado pelo BNDES

Por Portal do Holanda

12/04/2021 15h38 — em Agenda Cultural

Foto: Divulgação / O projeto do Casarão aprovado pelo BNDES é o Tour Virtual Teatro Amazonas

Manaus/AM - Há 11 anos fomentando a cultura no Amazonas, o Casarão de Ideias foi o único do Norte a ter um projeto aprovado pelo edital do Programa Matchfunding BNDES+ Patrimônio Cultural, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O resultado, divulgado na última sexta-feira (9), também contemplou outros nove projetos de diferentes regiões do Brasil.

“Vencer um edital do BNDES só vem reafirmar que estamos no caminho certo. A pandemia do novo coronavírus atingiu fortemente o setor cultural, prejudicou artistas dos mais diferentes níveis, mas mesmo assim seguimos firmes e fortes nessa batalha que é diária. Essa conquista não é apenas do Casarão, mas do Amazonas”, comenta João Fernandes, diretor do espaço cultural.

O projeto do Casarão aprovado pelo BNDES é o Tour Virtual Teatro Amazonas, com objetivo de promover uma visitação virtual, via aplicativo, pela história da construção do teatro e do seu entorno. “A iniciativa prevê a reconstrução, de forma virtual, da história desse nosso cartão-postal, com imagens de registro de sua construção externa, interna e seu entorno”, detalha João.

A visitação virtual inicia com a montagem de um quebra-cabeça. Conforme o usuário for encaixando as peças, o aplicativo vai fornecendo informações e mostrando curiosidades sobre o Teatro Amazonas. “Nós faremos uma viagem no tempo, contando desde a criação do patrimônio até os dias atuais. Estamos muito felizes com este momento e esperamos disponibilizar o aplicativo para download em breve”, finaliza João.
Projetos aprovados

Além do Tour Virtual Teatro Amazonas, o BNDES aprovou outros nove projetos: PatNet - Centro Histórico de São Luís, do Instituto de Estudos Sociais e Terapias Integrativas; WebTV Cambinda Estrela, do Centro Cultural Cambinda Estrela; a Plataforma Teatro de Bonecos, do grupo Voar Arte à Infância e Juventude; Filhos da Terra: Festa do Divino, Círio de Nazaré, Bumba Meu Boi, Maracatú, Congada, pela Lente Cultural Coletivo Fotográfico; Monumentos em Movimento, da Associação Goiana de Artes Visuais; Theatro São Pedro, da Associação Pró Música de Porto Alegre; o Museu Online de Arte Negra, do grupo Ipeafro; Oficinas do Peruaçu, do Instituto Ekos Brasil e o Roteiro de Museus Niterói, do IBDCult.

Lançado em março de 2019, o Programa Matchfunding BNDES+ Patrimônio Cultural foi o primeiro do gênero envolvendo uma instituição pública. O programa se baseia diretamente no engajamento da sociedade: a cada R$ 1 captado por projeto arrecadado junto ao público geral, o BNDES aplica outros R$ 2, até que a meta mínima seja atingida.

A iniciativa é resultado de uma parceria com a Sitawi Finanças do Bem e a plataforma de crowdfunding Benfeitoria, que hospeda o site do programa. Desde o lançamento, já foram apoiados mais de 30 projetos, com arrecadação total de R$ 5 milhões.
 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Agenda Cultural