Governador Melo anuncia extinção de órgãos e fusões para diminuir o tamanho do Estado

Por Portal do Holanda

23/11/2014 7h09 — em

 Há pouco mais de um ano, eu poderia discursar sobre o entrevistado da semana e você tentaria ligar o nome à pessoa. Professor, secretário, governador, Mestre dos Magos – apelido que eu tive a honra de tornar popular, um queridinho das crianças e ele hoje dispensa apresentações. Homem de pulso, de garra, de fé. Família humilde, nascido no interior, atualmente é o nosso governador, reeleito com uma margem de quase 200mil votos contra seu adversário. Dentre as muitas abordagens que fiz, nosso papo foi pautado pela campanha, pelas acusações, as possíveis mudanças nas pastas, os projetos envolvendo o Amazonas, TV Cultura AM, a Primeira Dama Edilene e o compromisso firmado com o homem do interior, além de sua decepção em relação ao senador Eduardo Braga: “Não esperava que ele quisesse ganhar uma eleição a qualquer custo”.

Por Vivi Cariolano

Fotos: Taiane Sales

“QUEM GANHOU A ELEIÇÃO DENTRO DA CADEIA FOI O EDUARDO ” 

Essa é a nossa 4ª entrevista e já como governador reeleito \o/.

Rsrsrsrs, é a nossa quarta mesmo.

Não vou mais te chamar de “Mestre dos Magos”, agora é “Senhor dos Anéis”. :pppp

Senhor dos Anéis hehehehe

Você sofreu muito na campanha?

Eu tive muitas alegrias, mas também tive algumas decepções...

Com seu adversário?

Com adversários, sim... e tive bastante alegria com os apoiadores e o que mais me fez ficar com o coração acelerado foi a presença constante das crianças. Ia para as minhas caminhadas e elas estavam sempre ali, ao meu lado, puxavam meu braço, “Melo, eu te amo”...

Eu tive com o senador Omar recentemente e inclusive ele falou que quando as crianças fazem isso é vitória na certa.

... quando chega nesse estágio, de virem abraçar, pedir pra tirar foto, de demonstrar muito afeto, é vitória na certa.

Você esperava isso?

Eu não esperava que as crianças chegassem tanto a mim.

Você não se considera fofo?

Nhaum, nhaum... hehehe.

Mas eh, aceite.

Mas eu acho que as crianças acham. Deviam me ver como um vovôzão, algo do tipo.

Você foi muito chamado de “Velhinho”. <3

Talvez as crianças tenham enxergado isso, elas enxergam aquilo que os outros não conseguem ver. Devem ter visto os meus propósitos, minhas intenções, tem adulto que não consegue ver esse tipo de coisa.

Criança enxerga com a alma U_U

Essa foi uma grande alegria que eu tive na campanha. Outra alegria foi o momento de ver que a campanha não era mais minha, ela já era do povo. Aquela paixão, aquele entusiasmo, aquela coisa beirando a situações quase que incontroláveis. Vou te dar um exemplo, eu tive uma espécie de elevação na última caminhada que fizemos em Manacapuru, tinha hora que eu não sentia mais meus pés no chão, as pessoas me carregavam. Me puxa daqui, me puxa dali, tira foto, era um ritmo que não era mais meu.

O que mais rolou nessa campanha?

Eu tive algumas decepções, uma delas é que eu considero o senador Eduardo Braga um homem talentoso, com muita inteligência, e eu jamais imaginaria que com aquela inteligência toda, pudesse... (ele embarga a voz).

Pudesse te atacar como ele te atacou?

Eu não esperava que ele quisesse ganhar uma eleição a qualquer custo, ao invés de enlamear só a mim, enlameou o Estado também... Conseguir colocar em mídia nacional uma notícia que não era verdadeira: “O governador se relacionando com o tráfico para ganhar uma eleição”.

E você tem alguma relação com o tráfico?

Eu não sei nem onde fica, nunca tive nenhuma relação com o tráfico, minha vida todo mundo sabe, é a vida de um professor simples, eu não tenho nada a ver com isso. E Deus é tão bom que quem ganhou a eleição dentro da cadeia foi ele e não eu.

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Os presos, os traficantes, votaram tudo nele e não em mim, mas isso é Deus fazendo as Suas correções. Tem gente que diz “você vai para o inferno”, vai nada, vai pagar é aqui mesmo.

Aqui se faz, aqui se paga!!

O inferno é aqui mesmo.

Ele já ligou para lhe dar os parabéns?

Não!

*o*

Pois é...

Sabia que ele não me deu entrevista quando entrevistei todos os candidatos majoritários?

Não sabia, não.

Foi por causa de você, ...

Poxa, que bobagem, ele poderia ter atingido teu público que é muito grande. Eu daria e dou em qualquer circunstância.

A Marina Silva não teve como falar comigo quando esteve aqui, daí não me deu entrevista, detalhe: ela não foi nem pro segundo turno. Eduardo Braga fez cara de coo pra mim, também não me deu entrevista.  Perdeu no segundo turno *____*

Vivizinha?!?!?!?! Hsaushaushaushasuhasuaas (o governador cai na gargalhada)

Sério, sou bruxa U_U

Verdade hihihihihihi, essa bruxinha é minha amiga.

Eu tinha plena certeza que um dia eu o entrevistaria como nosso governador.

Agora tu queres saber de uma coisa, Vivi, eu tive alguns estágios da minha vida na ascensão pública... cheguei a governador substituindo o Omar, agora eu estou reeleito por mais 4 anos, é uma figura importante, mas eu não me sinto assim.

Por que continua simples?

Com a mesma simplicidade que eu tinha antes, sim.

Você vai ter que ser duro com certas pessoas na posição que se encontra hoje, não vai dar pra ser bonzinho com todo mundo, neaaah? Não rola!!

Como diria Guevara “ser duro, porém com ternura”.

Kkkkkkkkkkkkkkk

É necessário que seja duro, mas com um toque de ternura. Ninguém vai entender, de repente, de eu ser uma pessoa terna, carinhosa, que sempre trato bem as pessoas e de uma hora para outra ser duríssimo. Preciso gerir o Estado com a mão firme como tem que ser, em muitas circunstâncias, mas sem perder a ternura. Continuar com a postura que sempre mantive com os meus parâmetros na vida. Não teria uma forma grosseira, principalmente agora como gestor, de chutar a canela dos outros, isso não é meu feitio.

Nem humilhando também, neah?

Muito menos isso. Durante a campanha eu fui instado (impelido) várias vezes a ter uma postura que não era bem a minha...

Pra lhe desequilibrar?

Sacaram contra a minha honra, contra a honra do nosso governo, contra os meus amigos, colocaram até a filhinha do Omar!!!!? Não dá pra entender um negócio desses, mas me mantive na postura de apresentação das minhas propostas que era o que o povo queria ver na campanha. Na hora que ficou 1x1, 173 mil fez a diferença. Não me arredei e não me arrependo porque mantive aquilo que sempre fui. Ganhei uma eleição dessa forma, da forma que o povo quer... O povo não quer saber de grosseria, nem quer saber de baixaria, isso ai o dia a dia da vida já faz.

Com apenas 3%, no primeiro turno, muita gente achava que pra você não iria rolar.... poucos foram os que acreditaram em você, falo mesmo

Tu sabes que muita gente ganhou dinheiro com isso? Os que tinham uma visão realmente muito diferente do pleito como o Ronaldo que apostou com o Durango e ganhou 100 mil...

O Portal do Holanda foi o primeiro veículo a declarar apoio à sua campanha.

Siiiiiiiim, o Portal do Holanda foi o primeiro que acreditou e não só fez isso, como participou de forma ativa naquilo que acreditava.

E pagou um preço caro por isso U_U

Sofreu, né? E tu sabes que no sábado do Primeiro Turno era considerada como favas contadas a eleição do Eduardo?? Junto com aquela pesquisa mentirosa do Ibope?? E aí as urnas provaram o contrário. Depois, no Segundo Turno, na véspera vieram com outra pesquisa mentirosa que havia empate técnico.

Me diz quem acredita em pesquisa? Eu faço a minha pesquisa boca a boca, é nessa que eu acredito, oras U_U

Eu tive mais de 60% dos votos de Manaus, ele errou por 10 pontos percentuais, é um erro muito grosseiro.

GROTESCO, ISSO SIM!!!!!

Hihihihihi

Você falou pra mim que se saísse candidato iria trabalhar bem a sua imagem... trabalhou, neam?

Quando eu assumi o governo, e nós fizemos uma pesquisa, 62% dos entrevistados imaginavam que o governador ainda era o Omar. O primeiro momento foi eu me tornar conhecido, dai eu fui pra mídia.

E ai pegou logo um Chewbacca (Henrique Oliveira) como vice. Juntos vocês formam o Chew e o R2D2 do Star Wars, kkkkkk

Você viu??? Hihihihi. E é um vice dos bons, o meu. O Chewbacca é muito grande mesmo e eu sou pequenininho feito o R2D2. A partir dai tive que demonstrar que não era mais um secretário e que eu já era capaz de tomar decisões.

Você tinha que provar sua capacidade de gestão.

Deus foi tão generoso comigo que me trouxe alguns momentos de desafio, me dei bem. Lembra daquele evento que não era bem uma greve, da Polícia Militar, ao invés de eu mandar uma pessoa incumbida, eu mesmo fui resolver, fui para dentro do movimento.  Conseguimos construir uma solução que agradou todo mundo. Depois tivemos a discussão com os professores, discussão salarial, teve eventos que o povo certamente me analisou e constatou que eu era capaz de gerir.

Ou seja, viram que o velhinho tem pulso ‘-

Caminhamos desta maneira para a campanha, no final do Primeiro Turno estávamos com empate técnico e já no Segundo Turno – com nossas pesquisas internas, eu já havia saído de 43% para 56% . E em 2 dias o povo resolveu vir pra cá e não pra lá, graças a Deus. Uma coisa que influenciou muito na eleição foi o debate. Ali no debate eu estava com a minha eleição ganha, o debate me deu impulso tanto para o interior quanto para Manaus.

Acha que a arrogância do Eduardo derrotou ele?

Eu acho que foram muitas coisas, Vivi. Além desse aspecto, muitas coisas o derrotaram, coisas que antes eram conhecidas por meia dúzia de pessoas e que agora todo mundo já sabe. Na Bíblia tá escrito “quem tudo quer, tudo perde”. O povo já tinha dado a oportunidade do Eduardo ser governador 2x, deu a ele a chance de ser um senador e de repente quer largar tudo isso pra vir disputar o governo de novo?!?! Mas o povo resolveu falar “agora é a vez do fulano”. Imaginário popular funciona, sim.

As pessoas comentavam isso pra você?

Comentaaavam. Foi uma somatória de coisas que fizeram com que a eleição caminhasse do jeito que caminhou, os exageros em querer plantar coisas que não tinham nenhum sentindo para minha vida, as pessoas conhecem a minha história e não dava pra colocar em  mim qualquer carimbo, carimbo de traficante, de delator, em qualquer lugar que colocasse, cairia, não tinha liga para segurar.

E você foi delator na Ditadura?

Eeeeeeu???? De maneira alguma. Àquela altura eu era um servidor público e como tal eu ocupei o cargo chamado de “Segurança em Informações” lá na Universidade Estadual do Amazonas cuja função era dar pareceres técnicos sobre a admissão de professores. E naquela época os comunistas eram os professores Randolpho Bittencourt, Afonso Celso Maranhão Nina e Afrânio Sá. Todos eles foram nomeados professor da Universidade com o parecer favorável meu, então, na verdade eu tive muitas discussões com o pessoal do Ministério da Educação por confundirem as coisas. O prof. Randolpho é um homem muito intelectual, de alta cultura e tem os pensamentos dele, próprio do ser humano, mas dai ele ser um comunista perigoso tem vários kms. O Dr. Afrânio Sá como poderia ser um comunista para fazer mal ao país? Ele também era um intelectual. O Clínio Brandão, jovem, talentoso, que estava surgindo naquele momento. Havia por parte da Revolução uma analise que eles faziam que na minha ótica estava errada, nem todo mundo era perigoso, embora pudesse gostar do Comunismo. Quando eu exerci esse cargo, eu exerci para o bem e não para o mal. E não houve ninguém para falar ou comentar isso, mais uma calunia do adversário.

Você já está trabalhando numa reforma administrativa?

Já, já comecei tem um tempinho. Quando me propus a lançar a minha candidatura, já comecei a pensar num novo governo.

Vai mudar alguma coisa no seu governo?

Não é um novo governo no sentido do conceitual e sim no sentido de aprimorar o que já existe (foi citando exemplos de sua gestão com o Omar, algumas coisas precisam de ajustes finos. Fala da rede pública, fala das filas, cirurgias, consultas especializadas, Ronda no Bairro e comenta o que fará em cima da melhoria de cada um desses itens).

Você vai extinguir alguns cargos?

Precisamos extinguir alguns órgãos e fundir outros órgãos. Precisamos reduzir o tamanho que o Estado tem hoje, virão momentos diferentes dos que já vivenciamos anteriormente (ele disserta sobre a posição que a Presidente Dilma deverá assumir a partir de então, passeia sobre os ajustes que ela precisa fazer e vai citando exemplos de macro e micro economias, juros, inflações e afins).

Você foi acusado de ter a máquina do Poder Público a seu favor nessa eleição.

O candidato derrotado foi muito infeliz ao fazer esse tipo de acusação, errou a lógica dele. Na verdade, o governador Omar foi muito generoso com o servidor público. Fez plano de carreira, fez enquadramento, fez promoções, estabeleceu uma data base para discussões salariais, tudo isso agradou o servidor. O servidor veio para minha campanha  espontaneamente, pois viram em mim a continuidade daquilo que foram as conquistas que o Omar fez em sua gestão. Já o candidato derrotado, na sua oportunidade, teve 7 anos e alguns meses e não fez nada disso.

Com certeza a Educação será uma de suas prioridades, o Rossieli continua?

Eu ainda não avancei neste aspecto. Rossieli é um excelente secretário, possui um ótimo nível, mas depois que eu formatar o novo governo eu apresentarei aos secretários e digo o que devemos atingir, quem quiser ir para o sacrifício comigo estará comigo. Meu governo será escravo da qualidade dos serviços.

Tem algum plano especial para a Segurança? Ela foi muito debatida na campanha.

Ela foi criticada e pesquisas antes da campanha indicavam que a Segurança era um dos órgãos mais bem avaliados, foi super bem avaliado, todo mundo amava o Ronda no Bairro. O candidato derrotado precisava tirar essa vantagem, esse brilho. Usou de vários artifícios para plantar a insegurança  no Estado. Vivi, ganhar uma eleição precisa ser uma luta ética (José Melo lembra do episódio, já no Segundo Turno, envolvendo uma Kombi com 4 cabos eleitorais - da coligação de seu adversário, que confessaram que estavam fazendo assaltos e sendo pagos para isso. Ele aproveitou o ensejo para me responder sobre o apelido de Zé Merenda, me explicou toda a situação, foi na época do Gilberto Mestrinho. O que de fato aconteceu é que houve uma prestação de contas da secretaria da qual começou a fazer parte e que  Eduardo sabe muito bem que ficou comprovado que ele não tinha nada a ver com isso e que houve exclusão de seu nome do processo). Vivi, nesse mundo o que não pode acontecer jamais é o homem ou a mulher perder a sua dignidade. Tentar provar que um copo azul é verde e a partir disso começar a prejudicar pessoas não é um caminho correto.

Você carrega algum ressentimento?

Nenhum, nenhum. Apenas decepção.

Decepção é um ressentimento U_U

...mas é um sentimento diferente, não é ressentimento, é decepção.

Decepcionado por quê?

Decepcionado porque imaginei que quem foi governador duas vezes e que tem o talento que ele tem, imaginei que as armas que ele fosse utilizar fossem as armas do talento que ele tem e as armas da experiência que ele tem de ter sido governador e etc. e discutir aqui uma eleição em alto nível. Não sei se tu te lembras, mas eu dei entrevista na televisão e disse assim “ninguém vai me levar pro limbo, ninguém vai me levar pro chiqueiro, só porco chafurda no chiqueiro.” U.U

Eu lembro,  e você comentou isso na entrevista que fiz você sendo majoritário do PROS!

Eu não vou e ninguém vai me levar, fui provocado a esse ponto, mas não fui. Isso não leva a nada, isso é errado e a população sabe disso. Decepção, sim, essa é a palavra.

Ele te chamou de Zé *0*

Tu viste que gozado? Zé Melo, aquilo ali era pra me diminuir. E eu só prestando atenção naquilo. E já no final me chamou foi de Melo, os marketeiros não deram a dica pra ele me chamar de José Melo ou então o subconsciente dele de repente tirou o controle  e ele me chamou de Melo mesmo, ai eu disse “agora que você tá me chamando de Melo, não vou mais lhe chamar de candidato, vou chamar de Eduardo”.

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Aquilo ali era um artifício pra me desestabilizar, ele estava fazendo exatamente o que os os aliados dele – lá fora, mandavam.

E o que você tem a falar das pessoas que acreditaram em você desde o primeiro turno?

Elas podem esperar muita coisa, sobretudo muito trabalho, muita dedicação, muito espírito público. Pode esperar que eu irei tratar da chamada “coisa pública”, do dinheiro do povo,  com todo respeito que a população merece. A minha votação foi muito grande, a do Omar foi muito grande também...

O senador Omar obteve quase 1 milhão de votos. *0*

Ele foi meu principal avalista, tanto ele quanto eu, nós teremos responsabilidades infinitas, minha responsabilidade vai alem dos cabelos que ainda me restam.

Omar deseja que você seja melhor do que ele foi.

As pessoas que confiaram em mim podem ficar certas que virá muito trabalho ai pela frente. Vamos construir um Amazonas diferente. E em relação aos eleitores, eu penso em todos. Quem votou, quem não votou, eu vou trabalhar para todos. Teremos um governo de grandes realizações, eu sou o meu fiscal de obras, nós vamos trabalhar em cima de grandes resoluções. Tu sabes que todo dia eu saio e visito uma obra? Os empreiteiros sabem disso, mas nunca sabem as obras que vou visitar. Às 7 horas já está todo mundo trabalhando e com isso ganha o povo. (Governador cita alguns projetos em andamento, cita projetos futuros e vai citando um a um para a coluna, dentre eles: 06 Prosamins, Bacia do São Raimundo, São Sebastião, Sharp, Crespo, Cachoeira Grande. Áreas que ainda não foram trabalhadas e que o dinheiro já está em caixa para começar imediatamente).

As pessoas menos favorecidas terão vez no seu governo?

Eu quero ter um cuidado muito especial com o interior, eu vim de lá e eu sei suas dificuldades. Abaixo de Deus só quem pode cuidar de uma pessoa que vive láaaa no finalzinho do interior é o governador, muitos deles são esquecidos. E deles não quero esquecer nunca. Vou trabalhar muito pelo interior, quero colocar lá um projeto que tenho na minha mente de criação de peixe e plantação de frutas que vai dar uma outra vida para o homem e a mulher do interior. Tem o Banco do Povo- AFEAM, que eu vou transformar em um banco que ao invés de emprestar para ricos e pobres vai emprestar só para pobres. Afinal de contas AFEAM é um banco do povo do Amazonas, quem tiver um valor “maior” pode se dirigir aos outros bancos. A Saúde vai ter um foco especial, quero colocar médicos especialistas dentro do interior do Estado para que cirurgias possam ser feitas lá mesmo.

E as crianças do interior? Sei que é uma base da prefeitura de cada município, mas qual será a sua atenção voltada para elas?

Minha esposa, Edilene, tem uma energia incomum para cuidar do social.

Podemos esperar uma Primeira Dama atuante?

Sim, ela com a Regina Fernandes, mais os outros companheiros que já fazem um trabalho parecido. Ela sem dúvida fará um trabalho atuante e conhece bastante. São 22 anos trabalhando no serviço público.

Você sempre comenta na coluna que ela é a Melhor Executivo que você conhece

Ela é sem duvida o melhor executivo que conheci até hoje. Ela vai colocar toda a sua experiência e talento em prol do Social. Edilene me surpreende a cada instante.

Por isso que está de aliança nooooova, neah???

Ela que colocou, rsrsssrsr.

Deixa eu ver!!!

Essa aliança é tão pesada, Vivizinha, que já estou tombando só para um lado

Kkkkkkkkkkkkk

Heheeeheeheehe, tá começando a dar problema de um lado na minha coluna...

Se virem o governador por ai andando como se tivesse carregando um peso extra, não é nada não, é só sua aliança que pesa um pouquinho

Ihihihihhhihihhi

Você deu continuidade ao governo Omar, ganhou para comandar nosso Estado novamente, quer queira ou não vai existir uma transição, muda alguma coisa radicalmente em seu governo?

Existe sim, transição. Mas o momento que estou vivendo hoje é de prestação de contas da minha campanha, até o dia 23/11 estarei muito focado nisso. Uma das condições para ser diplomado é ter as prestações de contas apresentadas, outro trabalho paralelo é do fechamento do ano das contas do Estado. Estamos aí no quarto ano de um mandato e a lei de responsabilidade fiscal impõe que dê cumprimento a uma série de parâmetros avaliativos do governo. Ao longo desses anos eu ajudei muito a fazerem isso, na época do Amazonino, Eduardo, Omar, ou seja, a minha participação direta é muito importante...

Chega a ser algo tranquilo?

Em termos, é uma participação tranquila, porém efetiva. Estamos cuidando junto com a equipe da SEFAZ. E terceiro ponto que eu gostaria de te falar é que já estou trabalhando no novo governo.

E como será seu novo governo?

A partir de 1º de Janeiro vai parecer com outra cara, um novo tamanho. Um governo mais enxuto...

Quando você fala assim, já penso em pessoas que podem ou não figurar as pastas!!!!!!!!

Hipoteticamente, quando falo de novo governo são as secretarias, órgãos.

Desculpa lhe interromper, mas eu ouvi dizer que Robério sai e entra Orsine !?!?!

Nunca foi nem cogitado isso na minha cabeça...

As pessoas especulam, você sabe disso!!!

Com todo respeito aos dois, mas não, não, não... Quero lhe dizer o seguinte, existem determinadas secretarias e órgãos que possuem atividades muito afins – tem alguns que fazem praticamente a mesma coisa, não existe razão para continuar com os dois, vai ser necessário fundir, ficar um só. É só um exemplo que estou te dando do que vem por aí.

Eba, continue!!!

Esse trabalho que estou fazendo até o fim do ano,  organizando as coisas para que fechemos o ano de uma forma legal e trabalhando já no formato que será o novo governo.

As pessoas não precisam ficar espantadas se o José Melo vir a ser um pouco mais rigoroso a partir de 1º de janeiro???

Veja, o José Melo precisa ter um governo mais enxuto, onde o custeio seja menor para sobrar recursos para fazer aquilo que foi propositado no decorrer de nossa campanha.

A população quer ver trabalho, isso é verdade.

E para isso a gente vai precisar dar uma nova forma ao governo. Hoje tem um alto grau de custeio e esse grau vai ter de baixar para ganharmos mais recursos, tendo assim mais investimentos.

Quais são os planos para a TV Cultura (emissora estatal)?

A TV Cultura é um órgão que precisa de mais estrutura, ela precisa de aparato físico e trabalhar melhor o seu pessoal. A TV Cultura, na minha cabeça, precisa cumprir o papel que de fato ela deve cumprir, e vem cumprindo, mas deveria cumprir mais e melhor. A Rádio Cultura é a que tem maior alcance no interior...

VERDADE!!!!

Ela precisa de uma atenção especial, precisa de equipamentos novos para que a gente possa usar a Rádio, não só para noticiar o que já divulga todo dia, mas para dar cursos à distância, prestar muito mais serviços. Nossa TV precisa alcançar outros cantos do interior, precisamos levá-la a isso pra fazer o papel que uma emissora de comunicação deve fazer.

A TV Cultura não pega em alguns bairros, acho isso muito triste...

Eu pretendo, sinceramente, dar uma nova roupagem à TV Cultura. Existem coisas interessantes que pretendo ancorar lá, olhando e visando o homem do  interior.  E eu sei, Vivi, que a TV Cultura tira hoje água de pedra.

Tira mesmo, mérito de quem trabalha lá por amor!

Sim. Ela consegue fazer muita coisa em um nível de dificuldade muito grande, a emissora pode fazer muito mais se a gente der a ela mais condições.

Vou lhe cobrar isso, vio U_U

Cobre.

Deixe uma mensagem para quem acreditou em você e tem esperança de um Amazonas melhor em seu governo, pfvr, não nos desaponte.

Farei o meu melhor e quero dizer a vocês que votaram em mim, que trabalharam para mim, que me ajudaram a chegar aonde eu cheguei, que hoje sou um misto de uma pessoa muito feliz. Mas sou também uma pessoa que está com um friozinho na espinha, pois como minha votação foi muito grande, o nível de confiança em mim foi muito grande, o nível da minha responsabilidade é do mesmo tamanho. Durmo todos os dias pensando em como vou fazer para dar as respostas que o povo precisa e já durmo sabendo que o próximo ano será de grande dificuldade para o Brasil.

Você precisa superar as expectativas, isso é fato!

Sim. Consequentemente será um ano de dificuldades não só para o país, mas também para o Amazonas. Tenho certeza que a Presidente Dilma fará um governo austero, pois os índices todos são negativos. Desemprego, queda da atividade econômica, algumas medidas duras precisam ser tomadas para que este quadro tenha uma reversão. Temos de olhar, agora, desta maneira para que daqui 7,8 meses o país respire numa abonança pelos próximos 3, 4 anos. Quando você constrói um hospital abre oportunidade para prestar serviços às pessoas, mas quando se gasta dinheiro na “atividade meio” esse valor não retorna. Temos um gasto enorme com a Energia Elétrica, pretendo estabelecer formato de controle que já existe (ele passa a citar vários exemplos de consumo econômico, cita demandas, fala das possíveis medidas que poderá adotar em seu governo, seu principal objetivo no primeiro ano é reduzir custos).

Agora eu gostaria de uma mensagem ultraespecial aos nossos leitores, afinal de contas estamos atingindo a marca de 15 miiiiiiiiiilhõooes de pageviews \o/

Meu Deus...rsrsrs

E esta mensagem seria para aquele leitor que se tornou seu eleitor por causa de nosso Portal, olha sua responsa :ppppp

Tu sabes, Vivi, essa eleição serviu para que eu tivesse uma outra conclusão.

Qual?

Vale a pena você ser decente u-u

Vale mesmo U_U

Vale a pena você ser do bem, vale a pena você manter determinados padrões comportamentais. Veja que quando o Portal fez as primeiras publicações a respeito do meu perfil, do que eu pensava, fez quando pesquisas indicavam que eu tinha 1,5 % só e outros aí tinham 66, 67%.. sabia? O Portal continuou na mesma linha, chegamos ao ponto de eu sair vitorioso e ele também.

Por que acreditou na sua campanha desde o início!!!!

Sim, acreditou, não se afastou. O que eu diria a essas pessoas é que continuem confiando, ao longo da vida do Portal ele nunca se desviou daquilo que se propôs. Em plena campanha, todos são testemunhas disso, o que era errado do governo foi publicado e o que era certo também. Não se arredou dessa linha. Vale muito esse tipo de comportamento ético igual ao do Portal do Holanda. E quando teve de publicar de outros adversários também o fez.

Pagamos um preço por isso : -/

Pagou preço pelas escolhas, mas eu acho que o Portal sai muito mais fortalecido do ponto de visto da credibilidade pública. E é assim que tem que ser.

Nos Estados Unidos é assim, os veículos declaram seus apoios e pronto. Agora, depois das eleições, todo mundo torcia pra ti, fico olhando ¬¬

Rsrsrsrs, mas eu ressalto aqui que 15 milhões de acessos é algo incomum. São pessoas que confiam, multiplicam essa confiança com outros e a coisa toda vai tomando a proporção que tomou...

Eu acho que tem gente que acessa o Portal mesmo quando não quer, kkkk

É verdade, mas eu acho que é mais pelo grau de confiabilidade, Vivi, se não nem iria. Quer um exemplo? Se hoje o Durango publicar uma pesquisa ninguém vai parar para olhar ou acessar, pois ninguém acredita, ne.

-­ ­_-‘

Embora eu acho que ele tenha jogado fora uma ferramenta importante que ele tinha na vida dele, que era exatamente a credibilidade.

Tenso : /

Eu por exemplo não levo em consideração determinados institutos de pesquisas, se o Ibope viesse aqui e dissesse que o Amazonas iria se beijar com a Lua eu não acreditaria.

E eu que nunca acreditei : )~~~~

O que ele disser eu vou atrás de ir conferir, pois não acredito mais. Cometeu 2 erros nessa campanha, não sei se grosseiro ou proposital, mas do ponto de vista padrão ...

ERROU FEIO, ANOTE AÍ!

A margem para mais ou para menos não existia

Era uma margem feiosa U_U

Feiosa, não. Horrorosa, heheehehehehehe

Kkkkkkkkkk

Já ouviu falar da Maga Patológica? Do Tio Patinhas??? Uma coisa feia demais, mas é muito mais feio para a imagem do instituto, isso sim.

Horrível!

Não tem mais nenhum amazonense que acredite mais no Ibope. Quem for contratar futuramente já sabe que não terá muita vantagem, não.  

Deixa uma mensagem pra mim? Muita honra em receber esse recadinho justo eu que um dia disse que você seria governador deste Estado  <3

Tu sabias que... Claro que o Portal foi o primeiro veiculo a acreditar em mim, mas tu foste a primeira pessoa na área de Comunicação  que acreditou que eu poderia chegar lá, foste tu a primeira. Lembras de nossa primeira entrevista, Vivizinha??

Leeeeembro, você até pediu que eu beijasse na sua testa :pppp

Sim, nós fizemos e àquela altura eu nem cogitava ser candidato ainda, o Eduardo dizia pra todo mundo que era o candidato do Omar que tava tudo certo, num sei o quê...  

Eu fui a primeira pessoa a acreditar em você? <3 <3 <3

Foi. Quando falamos sobre o tema você disse pra mim que eu poderia ser governador, sim.  E que se eu quisesse era pra eu ir à luta.

Eu digo as coisas na cara *O*

Falou mesmo, nunca esqueci,: “Quer ser governador? Vá à luta, você consegue!”.  Você me disse, rsrsrs.

Que lindo, governador. Que surpresa boa saber que fui a primeira pessoa a acreditar em você. Chupa, Ronaldo Tiradentes <3

Heheheeheh, não fala assim que ele vai odiar.

Vai nada, :ppppp

Tu sabes que o Ronaldo também acreditou, ne?

Acreditou depois de mim e do Portal do Holanda, nós acreditamos primeiro, esse título é nosso!

É verdade, acreditaram primeiro.

Chupa de novo, Ronaldo. :pppppp

Ehehehhee, olha Ronaldo você sabe muito bem como é essa mocinha irreverente aqui. :ppppp

Ele sabe governador, nem se preocupe. (Beaaaajo Ronaldo).

Rsrssrsrsrsrsrs, ele sabe sim.

Governador, adoro  trocar ideias com você, quando digo que é um fofo é porque sei o que estou falando, mande um beijo para a Edilene, me conceda a oportunidade de um dia entrevistá-la, eu espero o tempo que for necessário : )

A Edilene é uma pessoa adorável, me ajudou tanto, se estressou muito a coitada, me ajudou demais. Ela é organizada, eu tenho certeza que se eu tivesse ouvido mais os conselhos dela eu teria errado menos.

Sério?

Sério. Ela é espetacular.

Ande na linha com ela, ok?

Pode deixar, heheheehehe.

Edilene, queremos você aqui na coluna <3

Obrigada a todos que enviam sugestões de entrevistas, agradeço muito. Na próxima semana tenho a honra de conversar com uma mulher que deu a volta por cima, MARA SILVA, empresária fitness, ex- senhora TABOSA: “EU FUI AGREDIDA FISICAMENTE POR QUERER IR ATRÁS DE MEUS DIREITOS”.

Beijos, leitores, até Lá  ;**

Quem tiver a fim de enviar sugestão, fique à vontade : )

www.facebook.com/vivicariolano | Infos (92) 9446-2672| vivicariolano[email protected]


+