Compartilhe este texto

'Vidas Passadas' é destaque do Spirit Awards, que ainda premia 'Anatomia de Uma Queda'

Por Estadão Conteúdo (Agência Estado)

26/02/2024 9h35 — em
Variedades



A cerimônia do Spirit Awards, que reconhece produções do cinema independente, neste domingo, 25, premiou Vidas Passadas como o melhor filme do ano. O destaque também foi para Anatomia de Uma Queda, premiado como melhor filme estrangeiro.

Ambos os longas concorrem à categoria principal do Oscar, de melhor filme, em março. Os Rejeitados e American Fiction, que também disputam o prêmio, foram reconhecidos em outras categorias do Spirit Awards.

Celine Song, diretora de Vidas Passadas, levou o prêmio de melhor direção. Treta, de Lee Sung Jin, foi o grande destaque entre os prêmios para as melhores séries do ano, vencendo como melhor nova série roteirizada.

Os filmes com orçamentos superiores a 30 milhões de dólares (cerca de R$ 150 milhões) não são levados em conta nos Film Independent Spirit Awards, e por isso foi esta uma das poucas cerimônias deste ano em que Oppenheimer, de Christopher Nolan, não apareceu entre os premiados.

Veja a lista completa dos vencedores do Spirit Awards:

Melhor atuação coadjuvante

Da'Vine Joy Randolph, por Os Rejeitados

Melhor documentário

As 4 Filhas de Olfa

Melhor atuação coadjuvante em nova série roteirizada

Nick Offerman, por The Last of Us

Melhor filme internacional

Anatomia de Uma Queda

Melhor primeiro roteiro

Sammy Burch, por Segredos de um Escândalo

Melhor roteiro

Cord Jefferson, por American Fiction

Melhor elenco em nova série roteirizada

Alan Barinholtz, Susan Berger, Cassandra Blair, David Brown, Kirk Fox, Ross Kimball, Pramode Kumar, Trisha LaFache, Mekki Leeper, James Marsden, Edy Modica, Kerry O'Neill, Rashida Olayiwola, Whitney Rice, Maria Russell, Ishmel Sahid, Ben Seaward, Ron Song, Evan Williams, por Na Mira do Júri

Melhor nova série roteirizada

Treta

Prêmio Mais Verdadeiro que a Ficção (premia diretor emergente de não ficção que ainda não teve reconhecimento adequado)

Set Hernandez, por Unseen

Melhor nova série não roteirizada ou documental

Querida Mamãe

Melhor edição

Daniel Garber, por How to Blow Up a Pipeline

Melhor cinematografia

Eigil Bryld, por Os Rejeitados

Prêmio Alguém Para Assistir (premia cineasta que ainda não teve reconhecimento adequado)

Monica Sorelle, por Mountains

Melhor ator/atriz revelação

Dominic Sessa, por Os Rejeitados

Prêmio de Produtores

Monique Walton

Prêmio Robert Altman (premia diretor, diretor de elenco e elenco)

Esculturas da Vida

Melhor primeiro filme

Mil E Um

Prêmio John Cassavetes (premia o melhor filme feito com orçamento abaixo de US$ 1 milhão)

Fremont

Melhor direção

Celine Song, por Vidas Passadas

Melhor atuação em nova série roteirizada

Ali Wong, por Treta

Melhor atuação revelação em nova série roteirizada

Keivonn Montreal Woodward, por The Last of Us

Melhor atuação

Jeffrey Wright, por American Fiction

Melhor filme

Vidas Passadas


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades