Compartilhe este texto

Suspeito morre queimado e outro baleado após família ser feita refém no bairro Cidade Jardim, em SP

Por Folha de São Paulo

20/02/2024 11h30 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma tentativa de roubo a uma residência no bairro Cidade Jardim, zona sul de São Paulo, terminou com dois dos três suspeitos mortos na manhã desta terça-feira (20).

Um morreu após ser baleado por policiais militares. O outro teve o corpo foi carbonizado dentro do carro em que tentou fugir. O veículo teria explodido supostamente após um vazamento de gasolina, segundo os policiais. Já o terceiro ladrão levou um tiro na cabeça, disparado por um vigia, e está internado no Hospital Universitário em estado grave.

O caso ocorreu na rua dos Manacás, repleta de casarões luxuosos. Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), a PM foi acionada por volta das 7h20 para atender a ocorrência. Segundo informações preliminares, três criminosos haviam feito moradores de uma residência reféns, quando o vigilante da rua entrou em confronto com um dos suspeitos.

Chegando ao local, os policiais conseguiram negociar a liberação dos moradores, mas os criminosos tentaram fugir. Naquele momento, foi iniciada a troca de tiros terminada com a morte de um dos homens.

Ainda segundo a polícia, ao ver seu parceiro atingido, um dos envolvidos, ainda na casa, largou sua arma e correu para um veículo de fuga. Quando o veículo foi ligado, pegou fogo, segundo os agentes.

O carro pertencia aos moradores da casa. A reportagem notou dezenas de marcas de bala no capô do veículo.

Pouco antes do meio-dia, uma equipe da Corregedoria da Polícia Militar visitou o endereço.

Moradores da região relatam que os suspeitos estavam circulando pelas ruas desde esta madrugada.

"Nós vimos eles. Eu cheguei do trabalho por volta das 3h e os vi", disse Gabriela Fahid, 35. A advogada afirma conhecer os moradores da casa alvo do ataque. "Gente muito boa, estamos todos apavorados."


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades