Compartilhe este texto

Suspeito de ser mergulhador do tráfico é preso com 103 kg de cocaína em Guarujá

Por Folha de São Paulo

23/06/2024 10h45 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um homem foi preso com 103 kg de cocaína em Guarujá, na Baixada Santista, na última sexta-feira (21). Segundo investigadores da Polícia Civil, ele é suspeito de atuar como mergulhador a serviço do tráfico de drogas e colocaria a carga em navios que partem do porto de Santos para fora do Brasil.

Em meio à investigação que mira uma quadrilha responsável por abastecer criminosos na região, os agentes também apreenderam carregadores de fuzil e equipamento de mergulho em uma casa no bairro Monte Cabrão, em Santos.

A Polícia Civil afirma ter identificado também um carro que seria usado no transporte de drogas e uma casa que seria empregada para armazenar entorpecentes e outros materiais.

O suspeito foi detido no carro, em Guarujá. Já na casa, em Santos, foram encontrados, além dos carregadores de fuzil, cinco cilindros de oxigênio, munições, quatro roupas de mergulho, 13 eletrodos para solda, 33 coletes salva-vidas, 300 bexigas de borracha e 22 sinalizadores náuticos.

O caso foi registrado como tráfico de drogas na 2ª Delegacia do Deic de Santos.

Maior do país, o porto de Santos também é estratégico, há cerca de 20 anos, para a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). O local permite escoar grandes quantidades de drogas para a Europa e outros continentes. Ao longo dos anos, a região viu diversos episódios de ataques a policiais e confrontos.

Em abril, mergulhadores da Marinha do Brasil e agentes da Polícia Federal apreenderam 212 kg de cocaína escondidos em um compartimento de um navio mercante que iria para a Alemanha.

A cocaína estava dividida em oito pacotes escondidos em uma abertura que fica abaixo da linha de flutuação, chamada de "caixa de mar", que serve para o suprimento de água para resfriamento de motores e alimentação do sistema de combate a incêndios.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades