Projeto que emprega mães de alunos na rede escolar de SP atenderá convocadas até segunda (20)

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

17/09/2021 20h05 — em Variedades

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo prorrogou até a próxima segunda-feira (20) o atendimento para mães de alunos da rede municipal, pré-selecionadas para exercer atividades no POT Busca Ativa. Nesta sexta-feira (17), 41 das 70 selecionadas para exercer as atividades compareceram às unidades do Cate (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo) para a contratação.

Na próxima segunda, as mães contratadas pela prefeitura para ajudar a encontrar alunos que não estão indo aos colégios da rede municipal começam suas atividades.

O POT (Programa Operação Trabalho) Busca Ativa foi anunciado pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) como uma das ações para reduzir a evasão escolar na rede municipal. Mais de 3,4 mil mulheres se inscreveram para as 70 vagas disponíveis, segundo a administração.

A lista de mães pré selecionadas foi divulgada nesta quinta-feira (16) e a convocação feita por SMS, pela Central 156 ou pelo telefone informado na inscrição. Cada mãe foi designada a comparecer nesta sexta-feira entre 9h e 16h em uma das unidades do Cate. Mas, como nem todas compareceram, a inscrição foi prorrogada.

Gláucia Lucia de Oliveira, 33, é uma das 70 mães convocadas. Esteve no Cate Lapa, na zona oeste, com os documentos para contratação e assinou o termo de responsabilidade e compromisso nesta sexta-feira. Segundo ela, foi orientada a estar na segunda-feira (20) na Diretoria Regional de Educação (DRE) do Butantã para o início das atividades.

Gláucia é mãe de Lucas, 10 anos, aluno do 5º ano do ensino fundamental. Há três anos, está desempregada e, durante a pandemia, terminou o curso de licenciatura em Pedagogia na faculdade. Graças a uma vizinha, ficou sabendo da oportunidade para trabalhar com a busca ativa dos alunos faltosos.

"Achei bem interessante para poder estar nesse meio, saber a respeito da evasão escolar, sobre alunos que estão se distanciando ou com pouca frequência", diz. Para ela, o salário será de grande ajuda para complementar a renda familiar e ajudar a pagar a reforma de sua casa.

A permanência no POT Busca Ativa é de três meses. As mulheres contarão com bolsa-auxílio de R$ 1.155 por 30 horas semanas, divididas em 6 horas diárias.

Segundo a prefeitura, dentre as tarefas estão a verificação de endereços dos responsáveis pelos estudantes não localizados, avaliar as dificuldades que impedem que a criança ou adolescente retome às atividades escolares presenciais, orientar sobre matrícula ou rematrícula, entre outros. A pasta da educação vai estruturar um questionário para que as mães apresentem na visita e as famílias respondam.

As visitas às casas das famílias com crianças e adolescentes em idade escolar serão a partir de dados das secretarias municipais de Educação, Saúde e Assistência Social.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Variedades