Compartilhe este texto

Posso substituir o protetor solar por base com FPS?

Por Folha de São Paulo

18/05/2024 12h56 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em dias nublados ou chuvosos, pode parecer tentador pensar que uma base com FPS (fator de proteção solar) pode simplificar a rotina e substituir o protetor solar. Mas dermatologistas destacam a necessidade de usar fotoproteção todos os dias, faça chuva ou sol -eles enfatizam que nenhum produto tem a mesma função dos filtros solares.

"O objetivo da base com FPS é oferecer um mínimo de proteção para as pessoas que não se expõem ao sol", esclarece Paola Pomerantzeff, dermatologista e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia).

Para maior praticidade no dia a dia, o recomendado é usar um filtro solar com cor e não trocá-lo por uma maquiagem, explicam especialistas.

A PROTEÇÃO SOLAR NÃO É A PRINCIPAL FUNCIONALIDADE DA BASE

A base com FPS oferece proteção básica contra a luz visível, como a emitida por telas de computador e celular, sendo adequada para ambientes internos com luz solar indireta. A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda que o FPS seja acima de 30, para uma defesa eficaz contra a radiação diária do sol.

"Além disso, quando um produto é registrado na Anvisa como protetor solar, ele é obrigado a apresentar estudos que comprovem o fator de proteção solar e contra radiação ultravioleta de pelo menos um terço do FPS. Por exemplo, se o protetor solar tiver FPS 60, ele deve ter FPUVA [fator de proteção contra raios UVA] 20. Já as bases não precisam dessa comprovação", afirma a médica.

O problema observado nesses produtos é que, quando tendem a ser mais bases do que filtros solares, os dermatologistas geralmente não depositam grande confiança neles. Além disso, se a base for comercializada primariamente como um cosmético convencional, diferente do protetor, que oferece ativos para impedir os efeitos dos raios solares, há ainda menos garantia de que a proteção solar indicada no produto seja confiável, esclarece Mônica Aribi, dermatologista e sócia efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A proteção térmica é um outro ponto que a farmacêutica bioquímica e cosmetóloga Joyce Rodrigues cita. Isso porque vivemos em uma exposição constante a diversas fontes de luz, incluindo a luz azul de dispositivos eletrônicos. No caso, ela está falando sobre a capacidade de um produto de proteger a pele contra o calor gerado pela exposição à radiação solar.

Além de proteger contra os raios UV, o protetor solar também ajuda a minimizar o aquecimento da pele causado por essa radiação. "Nós temos duas frentes: os protetores físicos, que criam uma barreira na pele impedindo a entrada de luz, como os que contêm óxidos de ferro, e os ativos, que atuam por meio de reações bioquímicas, como o luminescente [um tipo de vitamina C]."

Ingredientes antioxidantes, como a carnosina, podem ajudar a combater os danos oxidativos e o aumento do processo inflamatório causado pelo calor. Já os protetores solares com óxido de ferro, como os que contêm cor, são eficazes bloqueadores da luz azul.

Existem duas abordagens de proteção quando o assunto são filtros solares: os protetores físicos formam uma barreira na pele, enquanto os ativos bioquímicos, como o luminescence, agem para neutralizar os efeitos nocivos da luz.

"Eles funcionam bloqueando a luz. Os ativos bioquímicos alteram o tamanho de onda da luz, reduzindo assim o dano à pele tanto de fontes solares quanto digitais", completa a médica.

Produtos com o foco principal em proteção solar, como filtros com cor, tendem a ser mais eficientes do que bases com filtro, cujo principal objetivo é cobrir a pele, explica Aribi.

SKINCARE COM PROTEÇÃO SOLAR

Uma rotina de skincare contempla proteger o rosto dos efeitos dos raios solares. As médicas sugerem aplicar primeiro o protetor solar e, depois, a base. É bom se atentar à quantidade de produto, para não aplicar em excesso, evitando obstruir os poros da pele.

Se você já aplicou protetor solar, mas precisa reforçar a proteção ao longo do dia, uma dica é considerar a utilização de uma base com FPS como alternativa para a reaplicação. No entanto, o ideal é sempre retocar o protetor solar junto com a maquiagem.

Uma boa estratégia é retocar sua maquiagem normalmente e depois aplicar um protetor solar em pó, usando pincel ou esponja, o que permite manter sua maquiagem perfeita enquanto renova a proteção solar de forma eficaz, sugere Pomerantzeff.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades