Compartilhe este texto

Piloto que morreu em SP gravou vídeo agradecendo evento

Por Folha de São Paulo

11/06/2024 10h00 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O piloto Igor Reis, 51, morto em acidente com monomotor na segunda-feira (10), gravou vídeo pouco antes do acidente agradecendo a participação em evento beneficiente.

''Missão cumprida'', disse o piloto após arrecadação de donativos para o Rio Grande do Sul. O vídeo foi gravado por Igor durante o encerramento do evento Arraiá Aéreo e foi publicado pela Acro (Associação Brasileira de Acrobacia Aérea).

Igor comemorava o sucesso do Arraiá Aéreo e agradecia a todas as pessoas que participaram e contribuíram. ''Olha porque a Acro é legal, é família, esse pessoal ficou aqui para me ajudar, esses são os anjos da Acro'', disse.

No vídeo, o piloto aparece se aprontando para voltar para casa. O evento tinha ocorrido em Bauru e ele retornaria para Mogi Morim. No caminho, uma peça da aeronave se soltou na decolagem e o problema forçou um pouso de emergência. No impacto do avião com o solo, uma explosão ocorreu.

''Deus permitiu que a missão fosse cumprida, meu amigo'', escreveu a Acro em nota. ''Que você fizesse sua última demonstração aérea contagiando mais de 130 mil espectadores, que almejam um dia obter suas próprias asas.''

QUEM ERA O PILOTO

Igor era piloto profissional da Associação Brasileira de Acrobacia Aérea. Ele representava a associação como voluntário no Arraiá Aéreo, que fez uma edição especial para arrecadar donativos ao Rio Grande do Sul neste fim de semana.

Ele começou a pilotar com 16 anos. Em entrevista dada ao Jornal de Valinhos em 2023, Igor contou que morava em Campinas quando teve o primeiro contato com a aviação e disse que sempre voou por hobby.

Graduação em ciências aeronáuticas. Em 2023, ele compartilhou a rotina nos últimos semestres de Ciências Aeronáuticas na Universidade do Sul de Santa Catarina.

Pintada de vermelho e branco, aeronave pilotada por Igor era chamada de "Barão Vermelho". Rotineiramente, o piloto compartilhava registro dos voos nas redes sociais.

O piloto era casado e deixa uma filha. Natural de Barra Mansa (RJ) o piloto morava em Valinhos (SP).


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades