Compartilhe este texto

Oscar 2023 não vai aceitar filmes exibidos apenas no streaming

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

22/05/2022 6h15 — em
Variedades



O Oscar está voltando ao normal, em termos de elegibilidade. Após dois anos de ajustes relacionados à pandemia, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas informou que os candidatos às estatuetas terão mais uma vez de lançar seus filmes nos cinemas.

Os filmes qualificados podem estrear nos cinemas e em um serviço de streaming, mas sua exibição nos cinemas deve durar no mínimo sete dias consecutivos, com pelo menos uma exibição por dia em uma das salas selecionadas para que o filme seja elegível.

As regras e mudanças para o 95.º Oscar, em 2023, foram aprovadas pelo conselho da organização em sua reunião mais recente, na qual se determinou que a janela de elegibilidade retornaria ao padrão. Também foi aprovado que filmes individuais não podem enviar mais de três canções para o prêmio de melhor música original.

A organização ainda distribuiu diretrizes atualizadas para campanhas de premiação para "manter um alto grau de justiça e transparência" na forma como as empresas cinematográficas e os indivíduos promovem os filmes. Essas diretrizes se concentram em promoções, exibições, contato com membros e hospitalidade.

A Academia reiterou que os membros devem tomar decisões "baseadas apenas nos méritos artísticos e técnicos dos filmes".

A 95.ª edição do Oscar está prevista para ser realizada em Los Angeles no dia 12 de março de 2023.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades