Compartilhe este texto

Ministério Público abre inquéritos e pede ações contra impactos das chuvas no Rio

Por Folha de São Paulo

24/02/2024 8h00 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério Público do Rio de Janeiro abriu seis inquéritos civis para que municípios da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, adotem ações que tenham o objetivo de reduzir os impactos causados pelas chuvas, principalmente enchentes e inundações.

Os seis inquéritos foram abertos pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Nova Iguaçu depois da forte chuva que atingiu o estado na quarta-feira (21) ter causado nove mortes e deixado ruas e avenidas alagadas e estradas esburacadas.

O Ministério Público defende que as ações preventivas sejam de curto, médio e longo prazo. Os municípios abrangidos são Nova Iguaçu, Japeri, Queimados, Seropédica, Mesquita e Nilópolis.

As mortes ocorreram nos municípios de Japeri e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, em Barra do Piraí, no sul, e Mendes, no oeste do estado.

A última vítima encontrada foi uma menina de 6 anos, em Mendes. A criança ficou soterrada após o imóvel em que estava desabar devido a um deslizamento de terra. O corpo foi localizado na noite desta sexta-feira (23).

A Promotoria pede que os municípios apresentem planos de drenagem urbana e relatórios de projetos desenvolvidos para mitigar os impactos de enchentes e inundações urbanas.

Um dos problemas apontados é a grande quantidade de áreas impermeabilizadas, o que agrava o escoamento das chuvas.

"É importante que os municípios adotem infraestruturas verdes, áreas com maior permeabilidade que permitem a absorção da água na terra", afirma a promotora Patrícia Gabai, da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Nova Iguaçu. "Isso melhora muito o sistema de drenagem, que é um componente importante do saneamento".

Secretários do governo do Rio se reuniram, nesta sexta-feira (23), na Câmara Municipal de Japeri, com representantes do governo federal e prefeitos de cidades atingidas pelas chuvas desta semana.

Os secretários Bernardo Rossi (Estado) e coronel Leandro Monteiro (Defesa Civil) receberam as demandas dos municípios e, em seguida, visitaram áreas atingidas pelos temporais.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para 160 ocorrências relacionadas às chuvas durante a semana. Ao menos 100 pessoas foram salvas pelas equipes em todo o estado. Ambulâncias e barcos de alumínio foram utilizados para resgatar pessoas ilhadas por causa dos alagamentos. Drones e aeronaves auxiliram no trabalho.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades